Sexta-feira, Agosto 6, 2021
InícioOpiniõesSelecção NacionalUma vergonha esta convocatória de Futebol para os Jogos Olímpicos

Uma vergonha esta convocatória de Futebol para os Jogos Olímpicos

Rui Jorge divulgou esta tarde a lista de convocados para os Jogos Olímpicos. E senti uma vergonha imensa quando vi a percorri com atenção. Quando temos uma geração com um talento enorme, que nos podia fazer almejar o Ouro é com estes 17 que somos apresentados:

Convocados

Guarda-redes: Bruno Varela (Vitória, 21 anos), Joel Pereira (Manchester United, 20),
Defesas: Edgar Ié (Villarreal, 22), Ricardo Esgaio (Sporting, 23), Tiago Ilori (Liverpool, 23), Tobias Figueiredo (Nacional, 22),
Médios: André Martins (sem clube, 26), Bruno Fernandes (Udinese, 21), Fábio Sturgeon (Belenenses, 22), Francisco Ramos (FC Porto, 21), Sérgio Oliveira (FC Porto, 24), Tiago Silva (Belenenses, 23), Tomás Podstawski (FC Porto, 21),
Avançados: Carlos Mané (Sporting, 22), Gonçalo Paciência (FC Porto, 22), Nuno Santos (Vitória, 21), Salvador Agra (Nacional, 24).

Não tiro valor aos que vão. Estão ali alguns jogadores talentosos. Outros com um talento para serem fora de série mas que por um motivo ou outro estagnaram. Mas tínhamos mais e melhor.

E ao contrário do que acontece tantas vezes não é culpa do seleccionador ou da Federação. Os clubes podem bloquear as escolhas, e pelos vistos fizeram-no e de forma bem forte. Isto é legal fazer aqui, e não no resto dos grandes torneios, visto ser uma competição que não está sobre a alçada da FIFA.

Mas que sinto vergonha, até porque o Sporting deve ter sido dos que mais bloqueou jogadores, sinto. E nem vamos falar do Benfica, que traz zero jogador para esta selecção, num boicote completo.

Mas ver uma selecção desta geração sem Iuri Medeiros, Gélson, Ruben Semedo, Paulo Oliveira, Ruben Neves, André Silva entre outros, custa muito.

O mais talentoso dos que vão? Provavelmente Bruno Fernandes. Esse teria lugar de qualquer forma.

Ganhem mesmo assim, e mostrem que também têm valor!

NOTA PÓS PUBLICAÇÃO

O meu sentimento de vergonha é dirigido neste caso especialmente ao mundo do futebol/FIFA e não tão fortemente aos clubes. Se a competição tivesse apoio da FIFA, os clubes teriam de permitir todos os jogadores a irem. E provavelmente a calendarização das provas seria adaptada para isto mesmo. 

O erro vergonhoso é o Futebol ficar de lado do maior evento desportivo mundial. E assim ficará sem dúvida.

Ouvindo com atenção o que Rúben Amorim falou sobre o ponta de lança

0
Uma das questões recorrentes sobre esta pré-temporada, e planeamento da época, do Sporting é a questão do ponta de lança, ou das alternativas ao...

Sporting fica muito mais forte com Matheus Nunes em vez de João Mário?

0
Na sua newsletter semanal o Braga escreveu estas palavras: "Ao quarto jogo consecutivo entre Sp. Braga e Sporting – independentemente dos resultados registados anteriormente...

Ugarte é bom, mas não único

0
Um dos motivos que fez o Sporting levar até ao limite a opção por Paulinho, em vez das alternativas como Yaremchuk, foi este ter...

Uma possível solução para a distribuição justa de bilhetes

0
Toda a vez que chegamos a uma final da Taça de Portugal existe o problema de quem deverá ter direito a poder comprar o...

Leoas Auriol Dongmo e Patrícia Mamona elevam mais alto o nome de Portugal

0
Hoje o tema desportivo do dia é a medalha de prata, e record nacional, alcançados pela nossa Leoa Patrícia Mamona. Uma prestação fantástica no...

6 COMENTÁRIOS

  1. Mas para o euro sub 19 ja metem 7 ou 8 dos lamps, sao uns palhaços os tipos da FPF. É um facto que o Sporting bloqueou, mas tinha de o fazer, temos de deixar de ser anjinhos, com as olimpiadas arriscavamos de caras um possivel mau arranque do campeonato, mas em 2017 nao temos competiçoes de selecçoes, logo o nosso campeonato só deveria começar na segunda semana de setembro, por exemplo. Mas se assim fosse, oh meu caro amigo, o benfica meteria logo uns 5 ou 6 na equipa, vale uma aposta?

    • A FIFA como não ganha dinheiro nesta competição,assobia para o ar…money talks! Tinhamos aspirações legítimas, mas os clubes boicotarem a possibilidade de se trazer uma medalha é vergonhoso…

  2. Não, meu caro, o problema não está na FIFA, está na organização (datas) dos J.O. – mas refiro-me, exclusivamente, ao futebol. Só com o Futebol existe este problema, certo?
    A FIFA não pode mexer muito nas datas disponibilizadas aos países para o arranjo dos seus campeonatos, pois há, apenas, 11 meses disponíveis para jogos, sendo que há países que param na chamada “época de Inverno”, sobrando-lhes 10 meses (ou nem isso)- ora meta aí um mês para J.O., ainda que de 4 em 4 anos e veja o que sobra.
    Exemplo: o jornal aburla “queria” que J.Mário e William Carvalho fossem seleccionados- pudera! Acabaram agora o Campeonato da Europa, descansavam 8 dias, partiam para a selecção e chegavam,- para férias!- quase no início das provas oficiais- ou seja, regressariam aos Clubes já com os campeonatos em andamento e fazendo uma preparação inicial até atingirem uma forma mínima, levar-nos-ia para … Outubro?

    Quem compensava os clubes por esse tempo todo?

  3. Na atual situação os clubes não estão obrigados a dispensar os seus jogadores para os Jo, contudo deveriam ter mais bom-senso e nesse sentido o boicote total (política seguida pelo SLB )parece-me um absurdo. Estou para ver, por exemplo, quantos minutos vai jogar o Gonçalo Guedes no SLB durante o período em questão. No SCP penso que faz sentido a presença do Esgaio e do Mané. Porventura o Paulo Oliveira também poderia estar presente. Não sei se esta ausência se deveu a um impedimento do sporting ou se o jogador foi preterido tendo em conta que ocuparia uma das vagas +23 e, apesar de tudo, foi possível convocar 3 centrais de qualidade sub 23 (Ilori, Tobias e Edgar Ié).Enfim, que os convocados possam lutar pela medalha, afinal de contas as outra grandes seleções também tiveram dificuldades nas suas convocatórias.

  4. A modalidade de Futebol nos Jogos Olímpicos é que não faz sentido. Nem todas as modalidades desportivas são modalidades olímpicas, e considerando que as selecções de futebol já se defrontam de 4 em 4 anos num campeonato mundial, faz com que esta modalidade olímpica não faça sentido. Ainda por cima o calendário é nos anos dos campeonatos regionais (Euro, Copa América, etc).
    Clubes com muitos jogadores seleccionáveis são muito prejudicados nestes anos, em que a gestão da pré-época seria terrível se esta convocatória fosse mandatória.
    Adoro os jogos olímpicos e adoro futebol, mas se há modalidade nos jogos olímpicos que não ligo nenhuma é… o futebol! E mais, é um facto que o futebol tem um excesso de protagonismo face às outras modalidades, portanto é mais um ponto para retirarem o futebol dos jogos olímpicos. Deixem os jogos para as outras modalidades e resolve-se o problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar