Quinta-feira, Maio 28, 2020
Início Análise Clube Um rescaldo das Eleições 2018, com comentário sobre cada lista

Um rescaldo das Eleições 2018, com comentário sobre cada lista

Esta foi uma eleição especial no Sporting Clube de Portugal, provavelmente a mais mediatizada da história de um Clube em Portugal.

No fim do dia existiu apenas um vencedor, mas alguns candidatos podem sair com um sorriso maior que outros. Aqui fica a lista da minha apreciação do resultado de cada um, por ordem de votação crescente.

Lista E – Rui Rego

Um dos grandes derrotados da noite, visto ter apenas 98 votantes. Contando que pelo menos os membros da lista devem votar nela, bastava que os familiares directos também o tivessem feito para pelo menos ter 100 votantes.

Lista G – Fernando Tavares Pereira

Uma votação um pouco melhor que a de Rui Rego, mas mesmo assim aquém do que ele esperaria depois de uma campanha tão forte em núcleos de norte a sul do país.

Muitos dos votos perdidos podem ter seguido para o voto útil, quando se percebeu que haveria uma bipolarização dos mesmos.

Lista F – José Eugénio Dias Ferreira

Para quem, da última vez que foi a eleições, tinha conseguido 17% dos votos descer agora para menos de 3% deve ser uma sensação nada agradável.

Podemos também considerar que terá sofrido de pessoas a seguirem pelo caminho do voto útil. Se bem que parte do seu eleitorado mais velho pode ter seguido para José Maria Ricciardi.

Lista B – José Maria Ricciardi

Para o discurso que foi apresentando, e para o tipo de mensagem que foi passando o resultado, de pouco 14,55% deve ser uma clara desilusão.

No entanto se o objectivo era validar a sua posição enquanto uma voz representativa no Sporting, validando as suas intervenções na imprensa, infelizmente, a meu ver, teve sucesso.

Lista A – João Benedito

Um dos vencedores da noite ao ter a maioria dos sócios votantes do seu lado, com mais de mil votantes que o vencedor final da eleição. Ganhou com isto uma hipótese sólida para poder ser no futuro uma candidatura vencedora da Presidência.

Muito bem também na aceitação dos resultados e disponibilidade para colaborar. Garantiu claramente que será uma das principais vozes do clube por muitos anos.

Lista D – Frederico Varandas

O maior vencedor da noite terá sempre de ser quem ganhou a eleição. Como tal Frederico Varandas será o grande vencedor.

Mesmo não tendo a maioria dos sócios a votar na sua lista conseguiu mais de 5% de vantagem em votos sobre João Benedito. Isto valida também a sua campanha eleitoral que claramente apontou baterias aos Sportinguistas na faixa etária entre os 30 e os 50 anos, onde estavam a maioria dos votos.

João Benedito ganhou nas massas, Frederico Varandas na estratégia e votação final, e ambos saem como vencedores desta senda eleitoral, a com maior participação de sempre da nossa história.

Agora é arregaçar as mangas e trabalhar.

 

O que quero com as saídas de Alex, Leo e Deo? Uma bomba e...

1
Hoje em dia é qualquer pessoa que siga o desporto em Portugal sabe que o Futsal é o segundo maior desporto nacional,...

Liga não tem forma de saber quem acusou positivo para COVID-19

0
Neste momento estamos a preparar-nos para retomar a Liga NOS, contra tudo aquilo que o bom senso diria. Isto por questões puramente...

O meu amigo que quer ganhar à Lampião

Mesmo em tempo de crise falar sobre o Sporting entre amigos é algo que não para de acontecer. As roulottes não estão...
Ryan Gauld Matheus Pereira

Sporting coerente nas decisões de Rúben Amorim e Matheus Pereira

Não gostei da forma como foi gerido o caso do pagamento de Rúben Amorim. Disse logo na altura que não concordava com...

Casos de Rojo e Rúben Amorim são parecidos como dizem por aí?

13
Quando se tem falado nos últimos dias do não pagamento de Rúben Amorim ao Braga por parte do Sporting uma das coisas...

2 COMENTÁRIOS

  1. Resumindo 1/4 dos sócios do Sporting elegeram um presidente. Ainda ha sócios que acham que não se deva mudar os estatutos. E uma das maiores palermices de sempre. Isto e a forma como os croquetes continuam a controlar o clube.

  2. Varandas venceu mas não convenceu. Pelo menos a mim não me convence de todo.

    Estes resultados têm algumas fragilidades para Varandas. Tem menos de 50% dos votos e tem menos votantes que o 2º classificado. É apenas um vencedor qb e acho que dificilmente poderá cumprir o que dizia o lema da sua candidatura.

    Vai-me custar para caramba ver este senhor sentado na tribuna presidencial.

    Pior que isso é ter a convicção que os interesses superiores do Sporting deixarão de ser observados. O caso das rescisões e da recompra das VMOCs são apenas exemplos.
    Enfim, espero estar muito enganado mas receio bem que não.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar