Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
InícioNotíciasTextos que gostaria ter escrito (I)

Textos que gostaria ter escrito (I)

Há textos que lêmos e que de repente ficamos com a sensação meio invejosa de que gostariamos de ser o seu autor.

Hoje aconteceu isso com um artigo d’O Artista do Dia, vão e leiam! É claramente algo que merece ser lido.

Uma presença de sportinguistas em massa, neste momento, poderá fazer decisivamente a diferença para as portas que se abrirão para o nosso clube num futuro próximo. Se um estádio cheio passasse a ser a regra, sem em vez dos típicos 35.000 / 40.000 passassem a ser 45.000 / 50.000, para além das receitas diretas e do apoio à equipa, já viram o sinal que isso mandaria para o país, para os patrocinadores e para os agentes do futebol? Tudo isto numa altura em que a equipa de futebol demonstra uma vitalidade gigantesca, em que a construção do pavilhão está cada vez mais perto de acontecer, e em que o Sporting Clube de Portugal, enquanto força eclética, está a tomar consciência dos erros cometidos no passado e quer despertar de um pesadelo que parecia não ter fim.

(texto integral, e de leitura obrigatória, aqui)

Frederico Varandas anuncia a Rui Santos que será candidato ao Sporting

1
Na entrevista que decorre agora na CNN com Rui Santos uma das primeiras perguntas feitas a Frederico Varandas foi se seria ou não candidato....

Como comparar o lance de Mbemba e Daniel Bragança?

0
Ontem tivemos uma expulsão, que não condicionou o resultado do jogo, a Daniel Bragança. No meio da confusão de um lance acaba por pisar...

Hoje algo me chateou mais do que perder contra o Santa Clara

2
Odeio perder jogos no campeonato português contra equipas que se fecham durante 90 minutos, evitam jogar futebol, passam o tempo no chão e acabam...

O maior desafio do Sporting 2022 será manter Rúben Amorim

1
Quando se faz textos de abertura de ano é normal que o grande tema seja qual será o maior para esse ano. Para o...

Esgaio e Porro de fora, o que esperar agora de Gonçalo Esteves?

0
Um dos melhores movimentos do mercado, e devidamente elogiado por aqui, foi a contratação de Gonçalo Esteves ao Porto, a custo zero. Veio atraído...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar