Segunda-feira, Março 1, 2021
Início Análise Jogadores Sorte? Não. Esforço, Dedicação e Devoção

Sorte? Não. Esforço, Dedicação e Devoção

O Sporting ontem acabou por dar aos seus adeptos uma saborosa vitória, um ataque de nervos, e um motivo para continuar a sonhar, jogo a jogo.

O jogo começou tremido, e durante toda a primeira parte o Gil Vicente foi uma equipa que defendeu de forma muito competente o Sporting, e tentou procurar o contra-ataque com veneno, veneno esse que se converteu mesmo em golo, o que trouxe preocupação claro.

Rúben Amorim tentou mudar algo, especialmente para tentar desbloquear a forma como o jogo estava a ser jogado. Com a saída de Antunes, e recuo de Nuno Santos, para a entrada de Tiago Tomás ganhava teoricamente velocidade nas costas da defesa.

E para ter mais um jogador que lança bem o jogo de trás tirou Neto para colocar Gonçalo Inácio, que tem uma capacidade de passe longo apreciável.

 A maré começou a mudar, e a partir do momento em que Daniel Bragança entrou em campo a pressão aumentou e quantidade de vezes que entrámos na área para rematar cresceu.

É impressionante esta estatística e ver que dos 21 remates que fizemos 95% foram dentro da grande área.

Isto mostra que até ao fim tentamos sempre com cabeça chegar ao golo, insistimos, lutámos, e foi isso que nos fez no fim ganhar.

Coates por duas vezes marcou, e esta dura e saborosa vitória é algo mais que a estrelinha. É Esforço, Dedicação e Devoção. E agora focar no próximo adversário, que o Paços de Ferreira tem feito um belo campeonato.

A centralização dos direitos televisivos chegou

0
A centralização dos direitos televisivos chegou. Já há muito que devia ter chegado, mas antes mais tarde que nunca. Honra seja feita a Pedro Proença,...
video árbitro

Primeiro golo do Porto é ilegal. Porque o VAR não invalidou?

2
O roubo de ontem nos Barreiros, onde deu uma vitória forjada ao Porto, teve obviamente três pontos chave. A não mostragem do amarelo ao...

Até o jornal do Porto admite o roubo histórico de ontem

1
Ontem quem viu o jogo deve ter-se lembrado daquelas épocas dos anos 90, e inicio de 2000, em que aos jogadores do Porto era...

Eis Carlos Carvalhal, o Sonso

0
Quem disse isto? "Jogar de 3 em 3 dias ajuda a retirar o acessório e centrar no fundamental". Conseguem adivinhar? Sim, foi Carlos Carvalhal, ele...

Pressão do Porto já vale decisão ignóbil

0
Saíram agora os mapas de castigos para esta jornada da liga e algo de completamente surreal aconteceu. Mateus Uribe, que agrediu violentamente Ricardo Esgaio...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar