Seis anos de Sporting com Filtro

Faz hoje seis anos que pela primeira vez algo foi publicado aqui no Sporting Com Filtro. Uma jornada que já vai longa, e que sinceramente já teve um fulgor maior. A pandemia deste ano, aliada ao péssimo ano que estávamos a ter no futebol e até a guerra entre direcção e grupos de adeptos, moem mesmo o mais resistente optimista como eu.

Quando há seis anos este espaço foi criado o intuído era dar opiniões próprias sempre olhando de uma perspectiva Sportinguista. E usando apenas o anonimato como forma de proteger para fora, e sem dúvida que foi útil. Nestes seis anos recebi ameaças desde pessoas na comunicação, desde um insuspeito sonso comentador desportivo imparcial até um director de um jornal desportivo.

Nunca estranhei, até porque a matriz do Sporting Com Filtro se acabou por firmar muito como um revisor crítico da nossa imprensa, desportiva e não só, claramente ligada a grupos que interessam a tudo menos ao desporto.

E claro, ameaças de membros de outros clubes também aconteceram, especialmente na época de 15-16 onde sentiram que o poder dos seus dirigentes estava em causa caso o Sporting ganhasse.

Este anonimato na realidade no entanto nunca foi usado para dentro, e felizmente. Graças ao Sporting com Filtro encontrei muita gente boa, alguns dos quais hoje chamo de amigos. E sempre que um Sportinguista quis falar comigo falámos abertamente, e até pessoalmente, o anonimato nunca serviu para isso.

Hoje desgastado e cansado no entanto surge de uma forma inesperada alguma esperança ao ver os putos que Rúben Amorim está a lançar. Bem sei que é o nosso ADN, que não é nada de novo, e que isso não basta para ganhar campeonatos. Também continuo a achar que foi um risco tremendo, e como tal errado, a sua contratação por valores pornográficos, mas na realidade tem trazido alguma coragem e vontade que contrastam com tudo o resto que vem nos últimos dois anos.

Cheguei a pensar durante a pandemia que o dia de hoje poderia marcar o último do Sporting Com Filtro. Não será, e mesmo o ritmo de publicação que tem sido reduzido nos últimos meses deverá sofrer de novo um ligeiro aumento.

Não há muitas promessas, apenas um obrigado a todos os que acompanham esta jornada. Seja a ler, a enviar informações ou até a colaborar. A única promessa que fica é que será Sporting Sempre. E isso é indiscutível.


Publicado

em

por

Etiquetas:

Comentários

5 comentários a “Seis anos de Sporting com Filtro”

  1. Parabéns pela data.

    Sei, por experiência própria, o tempo que isto consome pelo que há sempre mérito em manter a coisa a funcionar.

    Cumprimentos

  2. José

    Fogo, estou mesmo mais velho: há seis anos que vou passando pelo Sporting Com Filtro! Parabéns e sempre que tenhas tempo e disposição toca a postar: Spooorting

  3. João Pedro Silva

    “(…)Também continuo a achar que foi um risco tremendo, e como tal errado, a sua contratação por valores pornográficos,…”. Se falas de ambição, mas tens medo de correr riscos como é que podemos ganhar? Ai, essa brunite que não sai…

  4. Neca Pinto

    Parabéns. Sou leitor assíduo e espero continuar.

  5. Carlos José Ferreira Cunha

    Como Sportinguista, sem facções aprendi a ler, reler e apreciar o Sporting com filtro. Hoje já me custa passar muito tempo sem vos ler. Parabéns muita força. Eu SOU SPORTING!
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar