Hoje na capa de Record o negócio da suposta negociação de William Carvalho com o Bétis vem marcado como excelente para nós.

Se gostaram da do Record vejam então a d’A Bola.

Sou sincero, mesmo os trinta milhões que falam há um ano não me encheriam as medidas. O ano passado esteve perto de sair por 25 milhões directos e achei bem que tenha sido recusado.

Mas vamos ser sinceros, no actual panorama já aceitaria os 25 de outra forma.

Agora 15 ou 16, mais uns 5-14 por objectivos, faz lembrar os 85 de Renato que nunca passaram de 35. Para mim são os tais 15 ou 16.

Já a percentagem de venda futura pode ser mais interessante. Mesmo que duvido que seja recomprada por os tais dez milhões. É que para isso compensar ao Bétis estaríamos a falar de que William estaria a ser vendido por 50 ou mais.

Se não chegou a esse valor enquanto campeão da Europa chegará no Bétis? Duvido.

Mas com sorte, e a crer na versão Record, estaremos a falar de 16, mais uns cinco ou seis milhões daqui a dois anos numa venda, e vamos admitir uns 2 ou 3 de objectivos. Fantástico? Nem pensar. Mas cheguei a temer pior.

Se aceitaria este valor em vez de ir para tribunal? Talvez não.

4 COMENTÁRIOS

  1. Depois quem paga os funcionários dos jornais? O que vende é desvalorizar e humilhar os sportinguistas e o Sporting ou falar bem do benfica. Do porto é o OJogo. É negócio não condeno… Condeno sim os pardalinhos que andam a boleia disto. Foram avisados mas infelizmente nem o nosso antigo presidente percebeu que ele tava_se a tornar o bobo da corte das propaganda. Pediu para as pessoas não verem e muitas já o fazem a muito muito tempo… Mas ele não percebeu que tb não tinha que dar a cara nem alimentar porcos com notícias cheias de nada

  2. 25 milhões+variáveis era um negócio pouco ambicioso (dependendo do valor e exequibilidade das variáveis).
    Mas uma coisa é o negócio ser feito por um lobo de trabalho, outra e ser feito por quem quer sopas e descanso.

  3. Há cada teórico por aqui que até mete impressão… William deixou de ser jogador do Sporting, ponto final. O Bétis (ou próprio William poderiam ter de vir a pagar um valor próximo do seu valor no mercado caso não fosse provado que houve da parte do CD do Sporting, negligencia ou participação activa na promoção da violência que ocorreu. Procurando evitar tal possibilidade os clubes procuram negociar, mas a posição do Sporting está fragilizada como é de calcular. O que se está a conseguir é minimizar os estragos feitos pela actuação desastrada do CD do Sporting nos últimos meses e que resultou no que é do conhecimento público. O resto, teorias de miopia, é atirar areia para os olhos dos sportinguistas…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.