Terça-feira, Novembro 29, 2022
InícioNotíciasRespondendo ao Tu Vais Vencer pelo futuro do Sporting

Respondendo ao Tu Vais Vencer pelo futuro do Sporting

Nos tempos áureos da Blogosfera havia algo que era comum, que era dois blogues que se conheciam responderem publicamente a textos um do outro. Relembrando esses bons tempos tenho de usar aqui o meu direito de resposta ao meu amigo Tu Vais Vencer, para discordar do seu último texto, que pode ser lido aqui (link).

Posso começar desde logo por achar que Vietto não se escondeu do jogo por vir da lesão como o meu caro amigo disse. Este é o problema base de Vietto. É um excelente jogador quando as coisas estão a correr bem, mas quando as coisas não estão famosas não tem feitio ou coragem para agarrar no jogo. Não é defeito é feitio dirão alguns, mas quem estava habituado a Bruno Fernandes não deixa de ter saudades.

Ver criticar Acuña, colocando-o como um dos piores em campo, também me custa e muito. Defensivamente foi bastante sólido, e ofensivamente tentou lançar ataques. Estamos a falar de um extremo esquerdo de raiz que foi adaptado a central, por ser apesar de tudo neste plantel o melhor jogador esquerdino que pode jogar nessa posição, e isso sim é assustador.

Aquilo que o meu amigo Tu Vais Vencer se esquece de referir é isso mesmo, todos os nossos melhores jogadores, tirando Coates, jogam neste momento fora de posição. Wendel é um médio talhado para um esquema de três médios. Ristovski, que nem é dos nossos melhores, mas pronto, é um jogador de linha de quatro defesas, e Sporar é o típico avançado de 4-4-2.

Somando a isto a não termos suplentes dignos desse nome faz os miúdos serem lançados com toda a responsabilidade do mundo sobre si, e para um miúdo desta idade é pedir demasiado.

No fim do texto vem o remate final:

“Se queremos ter sucesso na próxima época, é preciso muito mais de quem já tem mais quilómetros nas pernas. É preciso instalar uma mentalidade vencedora e competitiva nos jogadores, caso contrário será outra época como esta.”

E este para mim é o maior tiro ao lado. Mais do que a vontade de vencer de quem tem muitos quilómetros nas pernas é preciso um plantel equilibrado, e desenhado para proporcionar a estes miúdos chances de surgirem de forma completa.

É preciso criar um plantel à imagem da táctica a usar, e que se tenha pelo menos dois jogadores para cada posição minimamente capazes.

É preciso gastar dinheiro em jogadores que venham acrescentar, e não em empréstimos de dois milhões de euros em Jesés ou contratações de três milhões em Eduardos.

É preciso acima de tudo ser inteligente na altura de gastar dinheiro, e não emprestar um Matheus Pereira para ir buscar por empréstimo um Bolasie. Não ir buscar um Neto havendo um Domingos Duarte, e claro não mandar Ivanildo embora sem ter outro central esquerdino caso o titular se lesione, senão ainda acabamos com o nosso melhor extremo a central, e a ser criticado por isso.

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

0
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar