Quarta-feira, Dezembro 2, 2020
Início Análise Clube Porque sou contra o Grupo Stromp nos estatutos

Porque sou contra o Grupo Stromp nos estatutos

Em 1940 nasceu o Grupo Stromp. Isto no meio de um período onde o associativismo em Portugal era algo complexo, visto por um lado ser promovido por um regime corporativista, e por outro lado reprimido desde que levantasse qualquer tipo de possível oposição ao poder instituído.

Este grupo foi criado de forma a ajudar as direcções do Sporting, sem cariz político nem politizado, a promover o Sporting e o Sportinguismo. Nessa altura fez sentido, mas infelizmente terminou dez anos depois.

Renasceu no entanto em 1962 e desde aí se tem mantido activo no Sporting, sendo um grupo fechado, de entrada por convite, que se reúne duas vezes por mês para discutir o Sporting. Isso além de atribuir prémios anuais, e de organizar congressos Leoninos em “franchising” pelo Sporting.

E se me chateia que tenha de ser uma associação fechada, e com critérios de admissão bildenberguicos, a organizar algo que deveria ser organizado pelo Clube, por via da sua Mesa da Assembleia Geral, chateia-me mais ainda isto.

Porque raio um grupo fechado, que nem sequer é bem uma Associação, tem lugar de destaque nos Estatutos do Clube?

Podemos olhar para os outros grupos listados. Ter definido que os núcleos, extensões geográficas do Clube, fazem parte desta família é claro. As claques, desde que legalizadas nos termos da lei, também é aceitável. A Fundação Sporting claramente que faz parte. Já os Leões de Portugal, apesar de terem algumas semelhanças aos Stromp, têm um objectivo de tal maneira nobre, no apoio aos Sportinguistas necessitados, que faz todo o sentido estar.

Os Cinquentenários na realidade são de todas a associação mais aberta. Basicamente qualquer sócio com 50 anos de filiação é membro desta associação caso queira. Já os Stromp é o oposto de tudo isto. É um grupo fechado, limitado, e que tem claramente uma ambição única e exclusivamente política, mesmo que tente dizer que não é politizada.

Podemos pensar num movimento como o novo Ser Sporting, ou outros anteriores, e pensar que se calhar se os Stromp são oficiais estes também deviam ser. Até porque servem também para politicamente discutir o Sporting, e avaliar o trabalho feito por quem lidera o clube. A diferença é que todos estes movimentos, ao contrário dos Stromp, são abertos ou pelo menos semi abertos.

Não tenho nada de fundo contra os Stromp no entanto. Não sou contra clubes de amigos que se juntam para discutir politicamente o Sporting. Agora não acho é que devam estar consagrados nos Estatutos. É que assim se formam Sportinguistas de primeira e de segunda, e isso devia ser algo que nunca deveria acontecer.

video árbitro

Benfica e Braga ganham graças à arbitragem

0
Temos ouvido muitos adeptos de outros clubes a tentar passar para o Sporting um ónus de benefício da arbitragem. Esquecem claro o pormaior de...
Vieira Maritimo

Porque o Marítimo tira o seu excelente Guarda Redes do jogo com o Benfica?

1
Hoje o Benfica tem um jogo decisivo frente ao Marítimo, e se perder ficará mesmo em quarto lugar do campeonato. Como tal era previsto...

Maradona será eterno

0
Podia começar a dissertar aqui se acho ou não que Maradona é um dos três melhores de sempre ou não, mas isso faz muito...

O Malvado Sporting goleou o Sacavanense, e eu gostei

2
O Sporting voltou ontem à competição, e regressou com uma boa exibição e triunfo. Muitos esperavam que o Sacavenense pudesse fazer a vida dura...

Carta aberta de despedida a Miguel Albuquerque

3
Caro Miguel era para ter escrito esta carta antes, mas, como a falta de textos nos últimos tempos mostra, não tem abundado tempo. No...

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar