Quinta-feira, Abril 22, 2021
Início Notícias Porque resolvi acreditar nos factos d’O Jogo sobre a falta de dinheiro...

Porque resolvi acreditar nos factos d’O Jogo sobre a falta de dinheiro no Sporting

Escrevi no passado sábado à noite um artigo expondo preocupação, e até medo, pela forma como o Sporting está a ser gerido. Desta feita devido uma notícia do Jornal O Jogo, em que se expunha que dos 55 milhões de euros que o Manchester United se comprometeu a pagar por Bruno Fernandes ainda nada se tinha recebido. E isto com acordo da Direcção do Sporting.

Esses 55 milhões serão pagos na próxima temporada, em três tranches ao longo da temporada, e o Sporting para suprir problemas de tesouraria neste momento iria antecipar esta receita de forma total com uma entidade financeira Alemã, pagando é claro uns juros nada simpáticos.

E foi contando com esta soma que seria adiantada que nos comprometemos a pagar Rúben Amorim ao Braga, ainda antes de fechar esse negócio, e quando este falhou lá ficámos com o coração nas mãos, e com a fama devida de amadores e caloteiros.

Recebi logo uns quantos comentários a dizer que eu queria era denegrir a direcção, e que antes não acreditava em jornais e agora acredito. Mas é fácil perceber que não é nada disso que se passa, e que os factos devem mesmo ser verdade.

A notícia d’O Jogo li-a logo de manhã, visto ser da edição impressa. Como eu li alguém no Sporting deve ter lido, pelo menos é obrigação da comunicação ler e passar estas notícias para cima.

Esperei todo o dia por um desmentido do Sporting, era o mínimo que se pedia caso não fosse factual. O facto foi, no entanto, a não existência de qualquer desmentido nesse sentido, e como se costuma dizer, quem cala consente.

Juntando isso ao facto de que estamos em incumprimento com os compromissos assumidos com o Braga, e que ainda nem sequer pagamos a Mihalovic o que o tribunal nos condenou, e que o prazo expira daqui a três dias, tudo indica que seja mesmo verdade.

E com isto passamos a imagem de um Sporting não cumpridor, enquanto temos uma direcção iludida, amadora e claramente incapaz de gerir os destinos de um enorme clube como o Sporting Clube de Portugal, e isto são factos.

Vergonha do caso Sócrates será tentada pelo Benfica por certo

5
Hoje vivemos um dia negro na história da justiça em Portugal. Todos ouvimos as escutas de José Sócrates, todos sabemos o que se passou,...

E agora? Continuamos jogo a jogo

1
Tenho visto muitos Sportinguistas alarmados após a última jornada, em que frente ao Moreirense, com claro azar, empatamos a uma bola perdendo efectivamente dois...

Partiu a Voz do Sporting – Até sempre Maria José Valério

0
Hoje o dia começou com uma notícia triste. A voz do Sporting, Maria José Valério, faleceu, vitima de COVID-19. Lembro-me bem a crescer a ouvir...

A centralização dos direitos televisivos chegou

0
A centralização dos direitos televisivos chegou. Já há muito que devia ter chegado, mas antes mais tarde que nunca. Honra seja feita a Pedro Proença,...
video árbitro

Primeiro golo do Porto é ilegal. Porque o VAR não invalidou?

2
O roubo de ontem nos Barreiros, onde deu uma vitória forjada ao Porto, teve obviamente três pontos chave. A não mostragem do amarelo ao...

14 COMENTÁRIOS

  1. Faltam apenas três dias para o Sporting regularizar a dívida de €3 M em relação ao treinador sérvio Sinisa Mihajlovic, na sequência da decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) (o prazo inicial para a regularização da situação era 31 de Março, mas a FIFA decidiu alargar o mesmo até ao próximo dia 30). Mais um calote?

      • Oh idiota foi por acaso o BDC que despediu o Mylosic?? Voces nunca sao culpados de nada e sempre culpa de alguem. Lampiao nojento

      • Está enganado Rui a dívida acontece pela incompetência da dita comissão de gestão através do inteligentissimo, educadissimo e competentissimo Sousa Cintra que não soube analisar os aspectos jurídicos desse despedimento para não lesar o clube como fez. Por favor Rui deixe a difamação para os de fora aqueles que querem o Sporting na fossa.
        Mas esta direcção naquilo k é exímia é no silêncio. Nada diz, nunca defende a instituição deixa outros falar por si. O comandante coitado não rem dotes de liderança nem amigos que lhe digam vai te embora não percebes nada disto.
        Só um levantamento de associados concertado levará esta direcção para a rua

  2. Vc como sempre contra tudo, contra todos, tudo é mentira e somente Vc escreve a verdade, enfim, decerto alguém lhe passou a cartilha!

  3. O recurso ao factoring é normal nos clubes. Do outro lado da estrada, a auto-propalada “super estrutura” é o que mais tem feito. O problema aqui foi que, provavelmente, esta pandemia levou a uma natural retracção da actividade financeira, incluindo esta operação de factoring, que ficou assim sem efeito. Existe uma figura jurídica que permite que em “casos de força maior” se dê a suspensão dos efeitos de um contrato. É com base nesta figura que o Sporting adiou o pagamento do Rúben Amorim. Veremos se fará o mesmo com o Mihajlovic. A utilização desta argumentação jurídica é legítima e não acredito que não seja aceite em tribunal. Se existe momento na história em que se pode falar num “caso de força maior” é definitivamente este. Acresce que no passado já se fez uso deste tipo de expediente, quando não se pagou uma dívida para construir um pavilhão. Na altura foi um caso de “gestão brilhante”, agora é um “calote”.

    • quando não se pagou uma dívida criada pela direcção de Luis Godinho Lopes, que se apressou a depor como testemunha da Doyen. Estranho paralelo, deve ser admirável conseguir operacionalizar conceitos tão dispares na elaboração de uma opinião, abundam génios cá no rectangulo e o Sporting, a precisar deles, vai-se afundando

    • Manuel quando a dieta e a base de merda e palha, e natural que quando se fala so sai merda, e asneira. O Pavilhao nao foi pago pelo dinheiro da Doyen seu mentecapto, esse ficou numa reserva, nao podia ser tocado pelo Sporting. Tu es tao idiota que nem sabes de onde veio o dinheiro, e tambem nao te vou dizer , imbecil

  4. E a culpa dever ser também do Bruno de Carvalho? Tanto criticaram-no pelos “calotes”, e agora virou-se o feitiço contra o feiticeiro…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar