Domingo, Agosto 9, 2020
Início Opiniões Selecção Nacional O que pensar do onze de Portugal frente à Ucrânia

O que pensar do onze de Portugal frente à Ucrânia

Portugal começa hoje frente à Ucrânia a qualificação para o Euro 2020. A Ucrânia não é uma selecção fraca, nem nada que se pareça ocupando o 3º lugar do ranking FIFA, mas está longe do fulgor passado. E nós continuamos em força ocupando a quinta posição.

Com o regresso de Cristiano Ronaldo temos de volta o melhor jogador do mundo neste momento, e da história, como tal é normal que assuma a titularidade e o destaque. Mas também permitirá a André Silva, e especialmente a Bernardo Silva, seus companheiros de ataque brilharem mais forte com os adversários agora mais preocupados com CR7.

Atrás dessa frente de ataque surge um meio campo demasiado defensivo para o meu gosto. Ruben Dias, João Moutinho e William Carvalho são todos excelentes jogadores, e com uma capacidade técnica acentuada, mas nenhum deles é propriamente um jogador de transporte de bola ofensiva, e jogar com três elementos com estas características podiam fazer sentido frente a uma França, mas custa-me a aceitar frente à Ucrânia. Demasiado conservador a meu ver.

Lá atrás Rui Patrício faz sentido claro, Ruben Dias também, e Pepe sendo discutível a idade não fica fácil de substituir por alguém que ande a jogar de forma constante.

Nas laterais é a parte em que é fácil ter opiniões pelo excesso de qualidade. Alguém dúvida da qualidade de Raphäel Guerreiro e de João Cancelo? Claro que não, mas ninguém também duvida de Cédric, Ricardo Pereira ou de Nelson Semedo. E mesmo Mário Rui é um excelente jogador. Pessoalmente gosto da dupla escolhida pois são dos mais ofensivos que temos à disposição, e têm feito excelentes temporadas.

De resto, e tal como no Sporting, quero é que ganhem e de preferência que joguem bem.

Revolução digital: Prometido vs Em preparação

4
As diferenças entre as alterações eleitorais e digitais que Frederico Varandas propôs antes de ser eleito, e que estão a preparar agora.

Carlos Barbosa da Cruz engana-se no centro do seu argumento em defesa do sistema...

2
O tema do voto eletrónico, i-voting, e do número de votos de cada associado estão hoje no centro dos temas da agenda...

Facturação caiu 40%? Bilhética e merchandising subiram 150%? Ou Zenha mentiu?

1
Francisco Salgado Zenha fala numa percentagem da facturação do Sporting que revela ou uma mentira ou um cenário bem estranho.

Comparando Paulo Bento com Jorge Jesus, olhando Rúben Amorim e Varandas

0
Se formos avaliar bem o trabalho de Jorge Jesus e Paulo Bento temos notas importantes para Rúben Amorim e Frederico Varandas

Mentira do Record sobre as dívidas do Sporting descoberta há 48 horas

As provas da mentira do Jornal Record sobre as dívidas ao Sporting, não emendado nem desmentido em 48 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar