Segunda-feira, Dezembro 5, 2022
InícioNotíciasO Jogo atinge novo ridículo na campanha anti Sporting

O Jogo atinge novo ridículo na campanha anti Sporting

Desde que o Sporting o ano passado começou a cimentar a posição no cimo da tabela o jornal O Jogo começou uma campanha contra o nosso clube via o seu tribunal. José Leirós, Jorge Coroado e Fortunato Azevedo à vez atacam decisões claras como erradas para dar a teoria de Francisco J. Marques que somos beneficiados.

Outras vezes chegam ao rídiculo total como ontem, em que conseguiram escrever isto.

O Jogo 7 de Agosto 2021

Sim, o lance em que Koffi se lança para o chão de braço estendido, em que defende a bola com esse mesmo braço, para o tribunal d’O Jogo não era penalti.

Vamos ver o que dirão quando um caso parecido for para o Porto.

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

1
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

3 COMENTÁRIOS

  1. Nas imagens diretas do jogo, pareceu-me que o braço foi ao chão para amparar a queda, isto é, o braço estaria junto do corpo; depois, já num plano aproximado, as imagens mostraram um “guarda-redes” a fazer uma excelente defesa…

  2. Mas ridículo e demonstrativo do que valem estes juizos é a análise do (des)coro(ç)ado que no jogo portista de ontem, considerou que Diaz foi amarelado indevidamente pois, no lance, não houve simulação de falta, o jogador apenas quis desviar-se do defesa…

    • Sim, a semelhança de época passada, em que o Diaz se “quis desviar” dum jogador bracarense e até lhe partiu o pé, ele que é useiro e veseiro em abordar lances da forma como em Braga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar