Fui desde a primeira hora um crítico da opção de emprestar Matheus Pereira, tal como escrevi aqui por diversas vezes. Mesmo que se considere que a atitude que teve na primeira jornada não foi correcta, ignorando os atenuantes da forma como Peseiro conduziu o processo, teria sempre de ter sido mantido no plantel, mesmo que tivesse sido penalizado.

É um jogador claramente melhor que todos os extremos do plantel à excepção de Raphinha e teria sido determinante em conseguir uma classificação melhor do que a que tivemos. Precisava era de tempo e oportunidades regulares coisa que nunca teve no Sporting.

No Nuremberga começou mal, mas a pouco e pouco tem vindo a subir as prestações culminando com a conquista do melhor jogador jovem da Bundesliga em Abril, isto jogando num clube que luta para não descer de divisão o que ainda aumenta o feito.

Agora é esperar que para a próxima temporada não seja vendido a um qualquer clube Alemão por 10 ou 15 Milhões, para depois reinvestir metade desse valor em 50% ou 60% de passes de outros jogadores…

3 COMENTÁRIOS

  1. Esperemos também que este prémio corresponda a uma evolução gradual e duradoura, e não apenas à vontade de mostrar serviço na altura das decisões para a próxima época..;

    • O ano passado, quando o incompetente do Pezero o dispensou, Matheus Pereira tinha sido o melhor ou um dos melhores jogadores da pré-época.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.