Segunda-feira, Janeiro 25, 2021
Início Notícias Jorge Jesus mostra que Racismo continua no Benfica

Jorge Jesus mostra que Racismo continua no Benfica

Para um clube que tem na sua maior figura de sempre um atleta de origem africano o Benfica tem um historial de Racismo, daquele que passa entre pingos da chuva, bastante complexo.

Vodka preta “Eusébio” e dois copos de “scotch” - Bola na Área - Record

Lembro-me sempre de venderem na sua loja oficial, e site, aquela Vodka Preta Eusébio. Eusébio que não era conhecido por ser apreciador de Vodka, muito menos de licores.

Sim, era um apreciador de algumas bebidas alcoólicas, e se tivessem chamado Vinho Tinto Eusébio, ou Whiskey Eusébio seria aceitável. Quanto à vodka estava ali por um motivo simples, ser preta. E isto é um exemplo clássico de racismo, ao limitar a dimensão de um ser humano a uma cor.

Agora Jorge Jesus conseguiu ir mais longe. Perguntado sobre o caso de racismo presente no jogo de ontem do PSG disse que não tinha visto, mas conseguiu fazer algo bem pior do que desvalorizar esse evento, conseguiu desvalorizar toda a luta contra o racismo actualmente.

Não sei o que aconteceu, o que se falou, o que se disse, mas hoje está muito na moda isso do racismo. Como cidadão tenho o direito de pensar à minha maneira e só posso ter uma opinião concreta quando souber o que se disse naquele momento. Hoje, qualquer coisa que se possa dizer com contra um negro é sempre sinal de racismo, a mesma coisa contra um branco já não é sinal de racismo. 

Jorge Jesus

Isto é gravíssimo, e devia ser algo de um processo que punisse violentamente desportivamente o treinador do Benfica. Bernardo Silva por uma brincadeira foi suspenso com dureza, e isto é imensamente mais grave.

Será que vai haver coragem de o punir? E os jornais e restante imprensa serão capazes de atacar violentamente este comportamento? Se fosse alguém do Sporting não teria dúvidas que o fariam…

Adeus Taça, venha o Campeonato

0
Amanhã sei que vou ver muita gente a dizer que o Sporting jogou mal, e que mereceu ser derrotado pelo Marítimo. Muita gente estava...

Fui o único que não vi sorte nenhuma frente ao Braga?

2
Ontem vi o jogo do Sporting frente ao Braga com tal nervoso miudinho que nem sequer vi redes sociais, nem sequer o WhatsApp, até...

Depois de um 2020 horrível, que venha um bom 2021

0
Dizer que 2020 foi um ano mau é algo que todos dizemos. Esta pandemia foi facilmente o evento mais desafiante da nossa era. De...

Jorge Jesus mostra que Racismo continua no Benfica

14
Para um clube que tem na sua maior figura de sempre um atleta de origem africano o Benfica tem um historial de Racismo, daquele...
Luís Godinho

Não justifiquem o empate com o lance do Coates. É uma armadilha.

4
Ontem ao intervalo do nosso jogo com o Famalicão troquei esta mensagem com um grande amigo. O falhanço de Sporar foi visível, mesmo estando...

14 COMENTÁRIOS

  1. Este post é ainda mais ridículo do que o castigo aplicado ao Bernardo pela brincadeira que teve no Insta…
    Acusar uma instituição de racismo é qq coisa de idiota, qq adepto pode ser ou não racista mas acusar um clube de racismo por declarações de um representante e qq coisa de outro mundo, como por exemplo “Será o Sporting acusado de violencia domestica?”
    CYA

    • Foi o Jorge Jesus que teve a ideia de fazer Vodka Preta Eusébio? Há comportamentos racistas ligados ao Benfica, e enquanto o Benfica não vier publicamente renegar estas declarações de Jorge Jesus, e o castigar sobre as mesmas, está a concordar com elas.

      Até agora não o fez.

      • Não confundas merchandising com racismo e como é obvio não é o slb que faz o merchandising, são profissionais de markting. O logo do Eusebio era preto/dourado o kit Eusebio vinha numa caixa preta… achas que tudo isto é discriminação?

  2. Já andava para tirar este site do feed rss, e agora é que é: chamar a isto racismo e gritar por castigo é tão ridículo quanto insano.
    É de quem vai na onda, e revela uma sólida incapacidade para a objectividade e sentido crítico.
    Pensar pela própria cabeça parece estar a tornar-se raro.

  3. Um clube que teve um presidente e um director de comunicação a perseguir de forma infame e racista o jogador apelidado de “trancinhas”, por causa da idade também é racista?

    Ou os gritos de “chuta preto”! que se ouviam em Alvalade quando lá jogava Eusébio?

    Convém não confundir o mestre de obras com a obra do mestre.

  4. O racismo (na versão tuga, ou seja o iletrado Eusébio é/foi um dos maiores de Portugal, mas a Joacine Katar Moreira – que andou na universidade – devia ir para a Assembleia da República da terra dela, ou o facto de o Ricardo Quaresma, quando joga pela selecção ser diferente do “cigano do caralho” que jogou no FCP e agora joga no V. Guimarães) não existe no Benfica, no futebol, na polícia, nos políticos, no SEF, etc. etc. Existe na mentalidade tuga. . Qual racismo, qual quê?!? 🙂 O Tuga ofende com base na cor da pele quando não tem capacidade para competir com alguém etnicamente diferente.

  5. Es desonesto, aldrabao e um grande filho da puta. Racista é a merda do teu clube das quais as claques são maioritariamente skinheads e extremistas de direita e pertencem a grupos radicais. Cabrão de merda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar