Terça-feira, Novembro 29, 2022
InícioNotíciasHugo Miguel e Vasco Santos salvam Benfica de forma escandalosa ignorando penalti

Hugo Miguel e Vasco Santos salvam Benfica de forma escandalosa ignorando penalti

Todos sabemos que até às eleições no Benfica, pelo menos, o sistema dificilmente permitirá a perda de pontos ao clube do regime. Mas hoje voltou a ser uma vergonha grotesca a forma como o árbitro Hugo Miguel e o VAR Vasco Santos optaram por salvar o Benfica.

Este lance acontece com o jogo em 2-1, dentro da área do Benfica. Otamendi derruba claramente o jogador do Boavista com a sua perna esquerda, e depois desvia a bola com o pé direito.

Cartão amarelo perdoado, e claro penalti por marcar para o Boavista, num lance que Hugo Miguel deveria ver, e que Vasco Santos não tem como não ter visto.

No lance seguinte o Benfica marca o três a um por Darwin, transformando um 2-2 num 3-1 graças a um erro crasso da arbitragem.

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

0
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

3 COMENTÁRIOS

  1. A pergunta que fica é? São os VAR avaliados e de que forma?
    Dá me ideia que o VAR permite ao árbitro de campo sacudir um pouco responsabilidades nestes tipo de lances. Do tipo o árbitro de campo pensará, “se for pênalti o VAR vai marcar porque pode ver melhor que eu”.
    Não parece que os VAR sejam rigorosamente avaliados. Este erro pra quem está sentadinho e tem todas as câmeras possíveis é grosseiro.
    O VAR por sua vez , tal como o lance do Vlachodimos nos Açores, pensa “bom, não vou actuar, porque não interessa nada prejudicar este clube e ainda porque ninguém poderá negar aqui uma ponta de interpretação”. Tipo e a ponta de interpretação será, imagino, “a câmera lenta , não pode provar a força da canelada, e certas almas ainda poderão aludir ao contacto normal do futebol , e safo-me por aí”.
    E assim, árbitro e VAR podem, um pouco condicionar as coisas. Se fosse ao contrário e o árbitro marcasse penalty pro Carnide, aposto que o VAR não revertia, alheava-se ao bom modo português.
    E quem sustenta esta gente toda, senão nós espectadores , sócios, etc?? Fosse o VAR correctamente avaliado e já pensava duas vezes se ia brincar “aos amigos” no decorrer de funções.
    SL
    Miguel Gonçalves

  2. Já vi o lance várias vezes e não me parece penalty. A perna do axadrezado já vinha recolhida há muito tempo e apenas se deixou cair quando a bola já não estava jogável. O SCP é sempre perseguido, mas não vamos embarcar sempre nas teorias da conspiração. Apenas ficou um canto por assinalar, mas se logo após o Darwin marcou o VAR não pode voltar atrás para a cobrança do canto.

    • Pior do que cego é aquele que não quer ver. Só alguém que sofra de profunda miopia ou de clubite aguda é que pode afirmar que o lance do Otamendi não é penalti.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar