Segunda-feira, Novembro 28, 2022
InícioAnáliseJogosO grau de dificuldade do jogo de hoje frente ao Olympiacos

O grau de dificuldade do jogo de hoje frente ao Olympiacos

Hoje muito do nosso futuro na Europa irá ser decidido esta noite no embate com o Olympiacos.

Bastará um empate para assegurar desde já a permanência nas competições Europeias, por via da Liga Europa, mas o empate nunca nos chega porque somos o Sporting Clube de Portugal.

Uma vitória, caso conjugada com uma derrota da Juventus frente ao Barcelona, iria colocar-nos numa posição engraçada para passar à próxima fase. É que aí caso na última jornada tivéssemos um resultado melhor que a Juventss passaríamos nós.

Sim, bem sei que a Juventus vai jogar contra o Olympiacos nessa última jornada e nós em Camp Nou, mas sonhar nunca fica mal certo?

O Onze para hoje

O Olympiacos que vamos enfrentar hoje é bem superior ao da primeira jornada, ninguém tenha dúvidas disso. Para dificultar mais as coisas temos algumas lesões, e ainda a suspensão de Coates.

Rui Patrício está como sempre de pedra e cal na baliza. À direita na defesa a primeira dúvida. Com Piccini recuperado temos duas excelentes soluções com ele e Ristovski. Pessoalmente, e por vir de lesão, preferia ver o macedónio em campo, mas qualquer um dá garantias.

Garantias também dá Fábio Coentrão que deverá regressar ao onze. Só espero é que não o aflija nenhum problema físico e que a sua forma venha a melhorar. A qualidade está lá e já todos vimos isso mesmo.

No centro da defesa o maior problema. Sem Coates e com Mathieu em dúvida sobra quem? Tobias e André Pinto? Sinceramente preferia num cenário destes até recuar William Carvalho para fazer parelha com o André Pinto. Com Mathieu menos um problema, e entraria ele e o jogador ex-Braga.

No meio campo William, Battaglia e Bruno Fernandes, respeitando o adversário fortemente. Nas alas Gelson e Acuña para apoiar Bas Dost.

Sair um dos elementos do meio campo para entrar Podence no onze não seria de estranhar no entanto.

De qualquer forma é olhar para a vitória, e mais importante ainda, conseguir essa mesma vitória!

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

0
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar