Um dos actos mais barbaramente errados cometidos pela Comissão de Gestão, na figura de Sousa Cintra, e José Peseiro foi a dispensa dos serviços de Nélson Pereira. Tudo isto porque o treinador queria trazer amigos para a sua equipa, e não aceitou ter nela um homem da casa como Nélson. Na altura insurgi-me contra isso de forma veemente, e uma das melhores decisões de Frederico Varandas e Keizer foi o ingresso de Nélson na equipa técnica do Holandês.

E isto não é por atribuição de um prémio a um ex-jogador e campeão pelo Sporting, é mesmo porque Nélson é um enorme técnico de guarda redes, com um trabalho notável em Alvalade. Vejam bem a qualidade da evolução de Rui Patrício por exemplo antes e depois da chegada de Nélson.

Também decisivo nos penaltis, onde o Sporting já leva uma série de 7 jogos com vitórias seguidas neste sistema de desempate, uma das suas especialidades. E ainda no passado Sábado lá estava ele a ajudar Renan a ser o herói da noite.

A renovação com Nélson é portanto uma excelente notícia, e um justo reconhecimento do brilhante trabalho feito. Feliz por continuares connosco Nélson!

1 COMENTÁRIO

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.