O Sporting enviou hoje este comunicado à CMVM dando conta do negócio de antecipação de receitas.


Não percebo quase nada deste comunicado a não ser que a antecipação de receitas irá mesmo acontecer. Parece muito opaco e cheio de linguagem técnica que não domino. Mas ao mesmo tempo não tenho nada de demasiado contra antecipar receitas para fazer frente à situação de tesouraria actual.

Agora eu, e muitos outros, lembramos o que Francisco Salgado Zenha disse há apenas uns meses. “Ainda há a securitização do contrato da NOS, que não é mais do que uma antecipação. Isto não é uma prioridade, é uma ferramenta de último recurso porque não gostamos de antecipar receitas”.

Se o Sporting accionou aquilo que, para o vice-presidente responsável pela parte financeira, era uma ferramenta de último recurso algo terá de ser dito aos Sportinguistas preto no branco.

Num cenário ideal estas justificações deverão ser dadas, e em breve, numa Assembleia Geral e discutidas ao pormenor entre sócios. Mas de qualquer forma antes disso deveria surgir alguma informação no Jornal Sporting, e Francisco Salgado Zenha deveria dar alguma entrevista a explicar a situação, ou em alternativa uma conferência de imprensa.

Agora uma coisa é certa, neste cenário Francisco Salgado Zenha tem de explicar aos Sportinguistas o porque desta medida e os seus contornos.

11 COMENTÁRIOS

  1. quando se lida com gente mentirosa e de má fé, não se pode esperar outra coisa, até o comunicado é habilidoso e denso para comer os papalvos.

  2. Está tudo a seguir conforme planeado pelo Rogério Alves e restante quadrilha. Muito em breve teremos um judeu como dono da SAD. algumas coisas terão que mudar, provavelmente vamos começar a vender produtos Kosher nos bares do estádio e nas roulotes… e adeus bifanas.
    Talvez um dia os 71% venham a ter o seu Yom Kipur, o seu dia do arrependimento, mas já será tarde, a merd@ está feita.

  3. Não foi antecipado nada da NOS. O que foi feito foi um empréstimo a uma instituição financeira (Apollo, crê-se) em que, como garantia de que vamos pagar as prestações desse empréstimo, demos parte do contrato com a NOS. Isto significa que se o SCP falhar no pagamento das prestações do empréstimo a NOS terá que pagar diretamente à instituição financeira o valor da prestação.

    • Ou seja, o contrato da NOS onde ainda restam pouco mais de 250 milhões de euros foi dado como garantia para o empréstimo de 65 milhões. Em caso de incumprimento a Apollo usa o capital do contrato da NOS como garantia!

      Portanto, empresta ao Sporting 65 milhões a uma taxa de juro fantástica e mesmo assim em caso de risco de incumprimento do Sporting tem a garantia que vai receber o seu dinheiro de volta … logo se o risco é reduzido como se justifica uma taxa de 9% segundo li algures??

      Inacreditável…. Sporting71 tem um futuro risonho sem dúvida…

  4. Como é possível os brunistas não tirarem as vendas?!!
    O destituído deixou o clube (sad) cheio de dívidas e sem jogadores e agora perguntam como é possível ir antecipar receita?! Afinal em que mundo vivem?!!
    Deixem trabalhar quem não vai ROUBAR o clube.

    • “Deixem trabalhar quem não vai ROUBAR o clube”. esta frase é fantástica!
      Enquanto se fala exaustivamente dos 300 mil euros ao Batuque, que aliás já foram explicados, podem ter sido mal gastos,mas NÃO FORAM ROUBADOS, enquanto isso esquece-se propositadamente os dois milhões que estes gatunos usaram para supostamente “abrirem as portas ao mercado chinês, mais quatro milhões dados ao Mendes duma dívida que não existia… e ainda tem a distinta lata de dizer para os deixar trabalhar? Só pode estar a brincar, ou então nem sportinguista é.

  5. O que acontece é que se andou a gastar dinheiro á vara larga, não se pagaram jogadores, daí o que aconteceu com o Guimarães, existem vários compromissos a ser pagos, (Só de comissões foram mais de 20 milhões) desse contrato com a NÓS, o SCP já consumiu mais de 270 milhões e como sabem nenhum dos nossos rivais fez o mesmo.Além disto em termos de jogadores ficámos sem alguns dos melhores activos da equipa principal de futebol, que assim por baixo seriam uns 100 milhões de euros.
    Eu defendi BC durante o 1° mandato, mas se ele tivesse continuado no poder hoje seriamos o alvo do anedotário Nacional. E veremos aquilo que poderemos esperar no futuro, o SCP foi delapidado nos seus melhores activos, contratamos o JJ e ganhamos uma taca da liga, desportivamente a equipa andou sempre sobre brasas, alguns daqueles que ficaram (Bruno Fernandes também tinha ido embora) só ficaram porque BC saiu. Alguém tem duvidas?
    Parem com a ideia de que BC era Deus na terra!
    Unam-se á equipa e apoiem, se não se sentem Sportinguistas capazes de apoiar a equipa, organizem-se e façam outro clube. Dispenso bem esta politica do bota abaixo, quero um SCP de respeito, que honre os seus compromissos, de gente focada na luta e não que me sinta na obrigação de escrever este tipo de texto para defender o Clube.
    Apoiem o nosso Sporting, se não se sentem capazes de o fazer deixem-no ou expulsem-me, porque nunca vou tolerar que o Sporting seja enxovalhado na Praça publica por aqueles que o deveriam defender.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.