Existem jogadores que quando começam a jogar juntos parece que tudo faz mais sentido. Todos nos lembramos de Figo e Ronaldo Fenómeno, João Pinto e Jardel, Dusher e Vidigal, entre tantos outros.

Desde que se formou a dupla de 8’s do Sporting, com Wendel e Bruno Fernandes, todo o jogo do Sporting parece outro. E a alegria com que se vê ambos a coordenar todo o futebol do Sporting é algo de incrível e que contagia tanto colegas como as bancadas. Uma aposta de Marcel Keizer com jogadores que já tinham estado à disposição tanto de José Peseiro como de Jorge Jesus.

Mas conhecendo como se conhece Jorge Jesus quanto vale a aposta que com o sucesso desta dupla a aparecer, logo surgirá também Jorge Jesus louco para tentar empolar toda a sua participação na construção da mesma.

Irá por certo dizer que foi ele que descobriu ambos e os trouxe para o Sporting. Isto ignorando tudo o que Bruno de Carvalho, André Geraldes, Raúl José e restante staff terão feito. Terá sido 100% ideia dele trazer ambos.

E mais, aposto que dirá que fez força para chegar Wendel a todo o custo porque sabia que seria o parceiro perfeito para Bruno Fernandes. Será desde logo algo que ele viu desde início, e que seria esse o seu plano.

Quando for confrontado com a não utilização de Wendel, enquanto até Bryan Ruiz usou a médio centro nesse período, certamente dirá que fazia tudo parte do plano. E que o andou a ensinar para esta época poder finalmente despontar. Porque é claro, segundo Jorge Jesus Wendel não era nada antes dele, tal como Bruno Fernandes não o seria.

Mas do Mestre da Táctica, que agora até é mais conhecido na Arábia que Ronaldo, tudo será sempre feito ao seu redor qual Rei Sol.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.