Quarta-feira, Dezembro 7, 2022
InícioAnáliseJogosDeverá Elias jogar no lugar de Adrien no jogo com o Moreirense?

Deverá Elias jogar no lugar de Adrien no jogo com o Moreirense?

Após a pausa para os jogos das selecções o campeonato volta este Sábado. E em Alvalade o líder Sporting irá defrontar o Moreirense, em jogo a contar para a quarta jornada do campeonato. E entre as várias dúvidas que existem no onze a apresentar aparece a de quem assumirá a posição oito: Elias ou Adrien Silva?

Adrien Silva é um enorme jogador, de pulmão incrível e uma garra inigualável. É o primeiro a empurrar a equipa para a frente quando esta quer adormecer. E também é o primeiro a defender cada metro do terreno. E tem vindo a crescer e muito na capacidade de levar a bola para a frente, e de rematar de meia distância.

Mas temos dois jogos seguidos agora, um sábado contra o Moreirense e outro na quarta feira frente ao todo poderoso Real Madrid. Além disso Adrien Silva ainda esta terça feira cumpriu mais noventa minutos desgastantes frente à Suiça ao serviço de Portugal.

Noutras alturas seria pedido a Adrien para aguentar, e ele provavelmente seria capaz de fazer os dois jogos de forma intensa na mesma. Mas agora há uma solução à altura: Elias.

O Brasileiro conhece o nosso campeonato e o clube. Está a trabalhar já há mais de uma semana com a equipa. É detentor de uma técnica elevadíssima, não fica nada a dever a Adrien a nível de remate e ouso dizer que a nível de passe é ainda melhor.

Não tendo a mesma garra tem um sentido posicional muito apurado e uma visão de jogo muito acima da média. Acrescenta a isso também uma boa capacidade de transporte da bola pelo chão. E é um internacional, e capitão, da selecção do Brasil.

Tendo em conta que está fresco, há quase duas semanas sem jogo, não era de arriscar usá-lo neste jogo contra o Moreirense, mantendo é claro Adrien no banco pronto a entrar?

Nota: Bem sei que querem fazer polémicas, e Adrien Silva no banco poderá ser visto como castigo por causa da rábula da transferência no fim do mercado. Mas continua a ser o capitão e pedra fundamental da equipa. Esta decisão será apenas técnico-táctica e de gestão de esforço.

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

1
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente, por muito acertada que possa ser a opção de deixar o Adrien a descansar, não acho que deva ocorrer. Por vários motivos.
    Por motivos políticos: deveríamos todos ser indiferentes a isso, mas na verdade não o somos. Depois das declarações do Adrien, se for deixado no banco, será sempre motivo de falatório. E quer queiramos quer não, acaba sempre por entrar na cabeça do jogador. É escusado correr o risco.
    Também é escusado correr o risco de diminuir a influência de Adrien no balneário, podendo haver interpretações erradas. Os jogadores são homens e nem todos têm a cabeça forte – mais vale não mexer com essa parte do jogo.
    O Elias ainda não se treinou com este meio campo – William é uma peça essencial, e Elias ainda não tem as rotinas necessárias.
    O brasileiro também tem de ganhar ritmo de jogo europeu. Poderá não ter a velocidade e o ritmo necessários.
    Por outro lado, lançar Elias cedo pode levar a uma má exibição – não por culpa dele. E isso tem sempre efeitos sobre a moral.
    Talvez seja preferível começar com o Adrien a titular, e consoante o jogo, o Elias entrar. Para ganhar ritmo, minutos, entrosamento. Não se perde nada. O jogo em Madrid é só na quarta-feira, tem mais que tempo para recuperar. E jogar contra o Real há-de ser tónico mais que suficiente para se esquecer de algum eventual cansaço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar