Quinta-feira, Julho 18, 2019
Início Análise Confrontos com a verdade Descobrindo do que é que Eusébio foi o melhor de sempre

Descobrindo do que é que Eusébio foi o melhor de sempre

Hoje a SIC fez uma reportagem sobre uma comparação entre o Eusébio e o Cristiano Ronaldo que tem tão pouco sentido como comparar o Zé Cabra ao Salvador Sobral. Mas qualquer pessoa com dois neurónios, e algum conhecimento da história do futebol, sabe bem a verdade.

No entanto, e sabendo que Eusébio foi um grande jogador, além de uma arma da propaganda do Estado Novo e posteriormente do Estado Lampiânico, levou-me a pensar, do que Eusébio foi o melhor de sempre?

Melhor Jogador Português de Sempre?

Não, esta é fácil. Cristiano Ronaldo é o melhor jogador Português de sempre, e um dos três melhores jogadores de sempre do futebol mundial. Se não se chamam Pelé ou Messi nem sequer podem entrar nesta discussão.

E sim, houve grandes jogadores que fizeram alguns bons anos, até anos melhores que anos de Pelé ou Messi. Podemos falar de Ronaldo Fenómeno, Ronaldinho, Zidane, Garrincha, Figo ou Maradona. Mas jogar a este nível todos estes anos? Apenas estes três monstros.

Melhor Goleador Português de Sempre?

Não dá infelizmente para muita gente. Ronaldo tem mais golos marcados, sendo o primeiro Português a passar a barreira dos 700 golos.

Mesmo na média golo por ano de actividade a média de Ronaldo é muito melhor, e sem nunca ter jogado em campeonatos secundários como o Americano.

Melhor Goleador Português em Portugal numa temporada?

Bem este não dá para Ronaldo garantidamente. Mas no entanto Peyroteo bate esse record à frente de Eusébio.

Melhor Goleador Português, nascido em África, numa temporada?

Continua sem dar. Peytoreo, tal como Eusébio, nasceu em África. Um em Angola, o outro em Moçambique, mas dois dos maiores nomes da história do futebol Português nasceram em África.

Melhor marcador em Portugal bêbado?

Até à chegada de Jardel sim. Mas se meterem só Português aí já dá.

Melhor jogador que já passou pelo Benfica?

Ora aí está a verdade que move tudo o resto. Sim, Eusébio foi o melhor jogador que já jogou no Benfica. Isso é uma verdade, e por causa dessa mesma verdade toda a restante propaganda sai daí. É o cerne de toda a questão.

Benfica irá comprar Carlos Vinicius com Vales Mendes?

Lembram-se de se ter dito por aqui que muito provavelmente parte significativa da transferência de João Félix para o Atlético de Madrid...

Rahim Ahamad a meter o dedo na ferida da violência

Tenho assistido ao escalar de violência nos últimos anos no futebol português, e que em todos os casos, tirando Alcochete, têm num...

A bravata do Marechal Tito!

O Marechal Tito foi Presidente da Jugoslávia , símbolo de união entre os povos da mesma por ter mantido a paz entre...

Iuri Medeiros no Nuremberga por 3M€ +10% do passe

Um dos jogadores que vi na formação que mais me fascinou foi Iuri Medeiros. Aquele pé esquerdo venenoso sempre com vontade de...

Vender Domingos Duarte para ficar com Ilori é a questão?

Neste momento um das questões mais discutidas nos últimos tempos é se vender Domingos Duarte para ficar com Tiago Ilori faz algum...

12 COMENTÁRIOS

  1. Como diz, e bem, comparar o incomparável dá num post destes, em que para se rebaixar Eusébio até se fala de bebados.

    O Eusébio, foi o único jogador português, a jogar num clube português, a ganhar a Bola de Ouro.

    E não ganhou a segunda, porque um sportinguista, jornalista de ABola, provavelmente com o mesmo desprezo que o seu post demonstra pelo “bêbado” (ou será pelo preto?)deu o seu voto anti-benfiquista a Bobby Charlton, que ganhou por 1 voto.

    O Peyroteo foi um extraordinário jogador, e se tem jogado mais tarde, poderia ter sido Bola de Ouro e Campeão europeu a jogar em Portugal.
    Mas a história é o que é, e ainda bem que em Portugal tivemos tais jogadores.

    Sabe porque o Eusébio está no Panteão Nacional, e foi respeitado pela comunidade futebolística mundial?

    Pense nisso, antes de conspurcar a memória de um português, que merece o mesmo respeito que Ronaldo, Figo e Peyroteo.

    • Foi dita alguma mentira? Factos são factos. So falta dizer porque é que Eusébio nos seus últimos cinco anos da sua actividade andou aos caídos. Em cinco anos passou por oito clubes – 5 nos USA, 1 no Canadá e ainda o Beira Mar e o União de Tomar. Este último deve ter sido porque era de tomar, sempre era melhor do que de comer porque, como diz um amigo meu, o união “de tomar” é o clube com mais adeptos em Portugal. A única coisa que você acrescentou de factos foi ter sido bola de ouro por um clube português. Ainda disse que o Peyroteo se tem jogado mais tarde podia ter sido bola de ouro, como o Eusébio se tem jogado mais tarde nunca tinha sido bota de ouro em Portugal, porque tinha sido vendido para o estrangeiro com 19 anos por 120 milhões. E quanto ao escândalo de Eusébio no Panteão, nem me pronuncio por respeito a todos aqueles que lá deviam estar e não estão.

  2. nem vale a pena discutir quem é o melhor português de sempre : RONALDO

    só nas mentes mesquinhas, tendenciosas e ardilosas é que se pensa arranjar argumentos para contrariar o óbvio

    RONALDO : mais títulos nacionais ao nível de clubes
    RONALDO : mais títulos internacionais ao nível de clubes
    RONALDO : mais títulos ao nível da seleção (Eusébio tem zero)
    RONALDO : mais golos
    RONALDO : recordes que nunca mais acabam e que não cabem nesta página
    RONALDO : carradas de bolas de ouro

    o que vale é que o Fónix vai ultrapassar este recorde

    • Discutir quem é o melhor de sempre é um entretenimento.

      Para mim, é Maradona, depois Pele,Cruiff, Messi, Eusébio e Ronaldo, a um nível semelhante, e depois uma infinidade de outros grandes jogadores.

      O que não tem discussão, é que o Eusébio foi considerado pela UEFA o 7º melhor jogador do seculo XX.

      O que não tem discussão é que Peyroteo é o melhor goleador de sempre, em percentagem de jogos/golos, que Ronaldo é o mais titulado na carreira (Cruiff, Messi, Eusébio por exemplo nunca conseguiram um titulo pela sua selecção).

      Há portistas que dizem que o Hernani foi o melhor de sempre, os do Belenenses dizem que foi Matateu, do Sporting que é o Ronaldo, esquecendo Peyroteo que fez uma vida de jogador no clube – são opiniões, e eu respeito.

      O que há são opiniões que são meros instrumentos para rebaixar outrem em desfavor dos “nossos”.

      Que me interessa a mim que Eusébio era bebado, que Maradona era drogado, que Messi é autista e Ronaldo é o que quiserem?

      Posso tentar comparar Eusébio com Pele, Messi com Ronaldo, mas comparar Eusébio e Ronaldo é o mesmo que comparar uma bola de “cautchu” com uma bola das que se usam hoje.

  3. O melhor de todos os tempos chama-se Edson Arantes do Nascimento.

    Primeiro porque era completo, e quando digo completo, era mesmo completo ( dominava todos os fundamentos do futebol com as duas pernas, e como disse Zico, não há nada que alguém possa dizer que o Pelé não sabia fazer, inclusive jogar como guarda-redes ).

    Depois porque foi eleito pelo COI ( Comitê Olímpico Internacional ) como a Atleta do Século XX (eu disse ATLETA, não apenas jogador de futebol ) e como até a data de hoje o Atleta do Século XXI ainda não foi eleito, Pelé é o melhor atleta de todos os tempos.

    A seguir, num espaço de 12 anos, venceu 3 das 4 Copas do Mundo que disputou, entre os 17 e os 29 anos de idade.

    Eusébio foi grande, enorme, mas não o suficiente para levar a seleção portuguesa ao patamar que CR7 já levou – por 2 vezes.
    Eusébio foi craque da cabeça aos pés, numa equipe que apesar de ser muito grande e ter muitos craques, tinha o condão de ser protegida pelo governo e pela imprensa. Hoje em dia faltam o Eusébio e os craques, no resto tá igual.

    CR7 é sem sombra de dúvida o melhor jogador português de todos os tempos, e um dos melhores da história. Mas nem ele nem Messi vão a tempo de superar o Rei dos Reis. Mesmo que vençam 3 mundiais FIFA e marquem 1000 gols, não o conseguirão com a idade de 29 anos.
    O mais próximo disto é Mbappé, se vencer as duas próximas Copas do Mundo. Mas mesmo que consiga, venceu a 1ª com 19 anos, chegou 2 anos atrasado.

    Como diz um amigo meu, CR7 é considerado por todo o planeta como o melhor jogador luso de sempre, mas em Portugal sempre que podem, tentam fazer dele o 2º. Porque será?

    Sobre Edson Arantes do Nascimento, 3 imagens valem por mil palavras:

    https://pelethebest.blogspot.com/2019/05/foto-do-dia-3-imagens-valem-mais-que.html

    Se existe algum erro em qualquer das 3 imagens, que apontem, mas vai ser difícil:-)

  4. Gostei desta fundamentação, da qual discordo em absoluto que Pele possa ser o melhor atleta do sec-xx, ele ou qualquer futebolista – e o Daley Thompson, decatlonista? E Jesse Owens, e Lewis, e tantos outros?

    Pese embora possa concordar com a apreciação, para mim Maradona foi o único futebolista que ganhou “sózinho” um Mundial (não ganhou outro porque não o deixaram), um campeonato nacional e uma competição europeia. Pele, Eusebio, Messi, Ronaldo, Cruiff, DiStefano, Platini, Beckenbaeur,Zidane tinham atrás de si toda uma escolta pouco abaixo do seu nível.

    Quanto à protecção da imprensa ao Benfica, basta ver a CMTV ou a SIC ou a SporTV para discordar profundamente.

    Já agora só uma brincadeira – Portugal não faz parte de “todo o planeta”? :-))

  5. Não fui eu quem elegeu, foram o COI, o L’Equipe e a Reuters, 3 de 5 entidades que elegeram o Atleta do Século XX. Nestas entidades, Pelé ficou à frente de Jesse Owens, Carl Lewis, Daley Thompson, Muhhamad Ali, Michael Jordan e todos os outros gigantes de todas as modalidades.

    Nas outras duas, CNN e Sports Illustrated, entidades americanas, Pelé ficou em 2º, atrás de Muhhamad Ali e Michael Jordan respectivamente ( ou vice-versa), afinal não iam eleger um estrangeiro.

    Pelé aos 21 anos, em 1962 fez um jogão com o México, marcando um golaço onde driblou metade do time mexicano, e fez a assitencia para o 2º. No 2º jogo, saiu lesionado e não jogou mais. Aí apareceu Mané Garrincha, que praticamente sozinho ganhou a Copa, com gol de pé esquerdo, gol de livre, gol de cabeça e quando a coisa ficava feia, bola pro Garrincha que ele resolvia. Em forma, era imarcável, mas infelizmente o alcool deu cabo dele, morreu com 50 anos na miséria.
    O slogan que ficou conhecido : Sem Pelé, mas com Mané.

    A Argentina de 1986 não era tão fraquinha como querem pintá-la. Haviam lá craques como Valdano e Burruchaga, além de jogadores muito melhores que em 1978, tal como o Nápoli também não era tão fraquinho como dizem. Haviam lá Careca e Alemão, da seleção brasileira, e também 4 ou 5 jogadores da fortíssima seleção italiana na altura. Maradona foi um gênio em 1986, mas esteve muito bem acompanhado por uma defesa fortíssima e um meio campo com 3 cães de guarda fortíssimos na marcação.

    Maradona jogou dopado em 1994, foi expulso da Copa. Em 1990, concordo que a equipe argentina era mais fraca que em 1986 e em 1982, Maradona foi expulso de campo após uma entrada de sola na barriga de Batista, na derrota por 3 x 1 para o Brasil. E ganhou a Copa fazendo gol com a mão, se tivesse VAR, era invalidado:-)

    Outra curiosidade: a France Footbal reviu os critérios da Bola de Ouro desde que foi criada, onde até 1995, apenas jogadores europeus podiam concorrer. Pelos critérios atuais, onde qualquer um pode concorrer, Pelé teria vencido 7 Bolas de Ouro, ficando com um total de 8 Bolas de Ouro com a especial de 2013 que recebeu pela carreira.

    Quando à imprensa lusa que voce diz que não protege o Benfica, basta ver a perseguição diária entre 2005 e 2009 na época do apito dourado, ou mesmo a perseguição diária a Bruno de Carvalho mais recentemente, e comparar com o silencio sepulcral sobre os mails, o mala ciao, a operação Lex, jogadores do Rio Ave dizendo em tribunal que foram aliciados para perder com o Benfica, as toupeiras, os padres, as missas, tá tudo na paz do Senhor, ninguém investiga, ninguém quer saber… veja lá que quando se fala nos grandes devedores de Portugal, fala-se muito em berardos e nunca se fala em vieiras…

    Abraço.

  6. Meu caro,
    Os seus argumentos são defensáveis, e a interpretação que delas faz.

    Eu faço outra, e por exemplo, para mim, o grande mérito do Benfica e de Eusébio, foi dar um pouco de holofotes a um País escondido numa uma segregação auto imposta pela ditadura, foi fazer algo impensável, um clube de um País pobre, pouco evoluído, com baixa cultura de educação física, e baixa auto estima, conseguir ser bi-campeão europeu, ir a mais 3 finais, levar a selecção a um impensável 3º lugar num Mundial.

    E Eusébio fez o que nunca mais ninguém fará, um português ganhar uma Bola de Ouro a jogar por um clube português.

    O feito desse Benfica e de Eusébio, é equivalente a, de repente, um clube da Bélgica ou da Suiça, fosse nesta época, bi-campeão europeu, ganhando por exemplo ao Liverpool e ao Real Madrid, e indo a 3 finais e perdendo para uma Juve, um Manchester e um Bayern.

    Eu limito-me a puxar pelos “meus” sem tirar valor a quem o tem, e é defensável que se considere Ronaldo o melhor jogador mundial de sempre, como diria JJ, até de Portugal :-))

  7. A conversa já vai longa… e agradável. Ainda é possível conversar na net com educação:-)

    O Porto de Mourinho fêz façanha igual na moderna Champions, cheia de tubarões, além de no ano anterior ter vencido a Liga Europa, com 7 ou 8 portugueses nas 2 equipa-tipo. Se o “fraquinho” Monaco chegou à final, foi porque eliminou o Real madrid nos 8ºs e o Chelsea nas meias.
    Deco não foi Bola de Ouro, mas foi eleito pela UEFA o melhor jogador da Champions 2004.

    Não tiro méritos a Eusébio, longe de mim, mas com exceção de 1966, Eusébio não conseguiu levar Portugal aos mundiais de 62 e 70, nem aos europeus de 64, 68 e 72. Também Eusébio não conseguiu levar o Benfica ao título mundial em plena Luz em 62.

    CR7 por sua vez, desde 2004 com 19 anos, foi a todos os mundiais e europeus, vencendo em França em 2016 e recentemente, levantou outra taça européia, a LIga das Nações, sem contar as 5 Champions e as 5 Bolas de Ouro.

    É certo que CR7 compete há 10 anos apenas com Messi ( sou brasileiro e acho que Neymar até podia entrar nesta conversa se tivesse cabeça e se não fosse tão mau caráter, arrogante e batoteiro ) e que Eusébio tinha muito maior concorrência na época ( George Best, Pelé, Garrincha, Beckenbauer, Cruyff em começo de carreira, Di Stefano, Bobby Moore, Bobby Charlton, Fachetti, Rivera, Mazzola, Raymond Kopa, Luis Suárez, Omar Sivori, Gerd Müller, Lev Yashin, Denis Law, etc…) , era mais difícil, tinha realmente muitos craques em muitos clubes.
    Hoje é CR7 e Messi no top, o resto tipo Hazard, Mbappé, mesmo Neymar estão bem abaixo.

    Ronaldo o melhor português de sempre, concordo. O melhor de sempre, não concordo, afinal até a data de hoje, qualquer um pode afirmar com certeza absoluta que CR7 e Messi são os melhores deste século, mas ninguém pode afirmar com certeza absoluta que um deles é o melhor deste século.

    Já agora, a resposta é sempre a mesma (no link abaixo)
    https://pelethebest.blogspot.com/2019/01/a-resposta-e-sempre-mesma.html

    Abraço.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar