Segunda-feira, Setembro 21, 2020
Início Análise Jogadores Daniel Bragança no Estoril, a confirmar-se, é um erro colossal

Daniel Bragança no Estoril, a confirmar-se, é um erro colossal

Hoje vem nos jornais que Daniel Bragança e Rafael Barbosa serão emprestados ao Estoril de Tiago Fernandes para a próxima temporada.

Quanto a Rafael Barbosa sou sincero pouco me chateia. Até porque está na fase em que uma venda, mesmo que por zero, com a garantia de ficar com grande parte de uma futura venda, far-me-ia sentido. Aos 23 anos parece que o comboio para um dia ser solução no Sporting já passou.

Agora Daniel Bragança é outra questão. Para mim faz sentido emprestar esta temporada, a não ser que Keizer o visse como opção para jogar regularmente, mesmo que não sendo titular.

Faz também sentido apostar em empréstimos a clubes treinados por treinadores com alguma ligação ao Sporting para saber que irão ser realmente aposta firme e não apenas uma viagem para perder tempo. Nisso a opção Tiago Fernandes não me parece mal.

Agora o que me parece mal, e um enorme erro, é emprestar Daniel Bragança a um clube que este ano está a militar na segunda divisão. Aos vinte anos, e depois de fazer meia época no Farense dessa mesma divisão, precisa de desafios de primeira liga se algum dia queremos vê-lo a ter lugar no Sporting.

Emprestar a um clube de segunda divisão não irá acelerar particularmente o desenvolvimento, nem preparar para o salto em Janeiro ou no fim da temporada. Espero que seja apenas um erro dos jornais, mas tenho medo que não seja este o caso.

Sporting Gil Vicente adiado, abriram a Caixa de Pandora, e agora?

0
O encontro entre o Sporting e o Gil Vicente, agendado para sábado às 18:30, vai ser adiado. Isto segundo informações adiantadas pela...

Fez sentido retirar a equipa principal para o Algarve?

0
O Sporting tem agendado para sábado às 18:30 frente ao Gil Vicente, no nosso estádio José Alvalade. No entanto a equipa principal...

Quando permitem a Abel Ferreira tentar ganhar ao Benfica isso acontece

1
Abel Ferreira sempre me pareceu um bom treinador, desde o seu início nos escalões mais jovens do Sporting, e foi um jogador...

Passagem de Marcos Acuña no Sporting, uma história de contradições

0
Ontem foi confirmada a saída de Marcos Acuña dos quadros do Sporting Clube de Portugal, a troco de cerca de 10 milhões...

Selecções, Regras da Liga e COVID-19

1
Hoje o Covid-19 volta em força à agenda dos Sportinguistas. A tarde começou com a notícia que haveria três jogadores do Sporting...

3 COMENTÁRIOS

  1. Caro, eu por acaso discordo. A 2a liga é subvalorizada, mas é uma excelente opção para que os nossos miúdos cresçam. É ultra-competitiva, os plantéis estão recheados de jogadores experientes, portugueses, estrangeiros, etc, num “melting pot” muito parecido com a primeira liga. Os treniadores têm qualidades idênticas ou não não muito inferiores aos da primeira liga.
    A sustentar a minha tese temos o exemplo do Luis Phellype no Sporting, mas temos tembém os miúdos das equipas B (em particular do benfica, mas não só). Eu diria até que o Sporting contrata melhor na 2a liga do que na primeira, em termos de relação preço-qualidade (tambem contrata menos, é certo)
    Assim, na primeira ou segunda liga, o essencial, para mim, é que:
    1. Os miúdos sejam inseridos numa equipa liderada por uma equipa técnica de qualidade e de preferência onde haja boa relação com o Sporting.
    2. Os miúdos sejam pretendidos nessa equipa como opção para a titularidade.

    Assim sendo, eu acho bem emprestarmos ao Aves do Inácio, acho bem emprestarmos ao Moreirense, acho bem emprestarmos ao Estoril, ou ao Farense do André Geraldes. Temos de criar essa rede de clubes que recebem os nossos jogadores emprestados e os tratam bem. Seja na primeira liga ou na segunda.

    A minha objecção principal com o empréstimo do Bragança é que eu queria que ele ficasse e fosse opção.

    • Não tem a ver com ser a segunda divisão, a meu ver. Tem a ver com a evolução natural de um jogador que está a fazer o percurso normal, juniores, sub-23, segunda liga, sempre em crescendo. Regressar a segunda é dar novamente um passo atrás e retirar confiança ao jovem. Não acredito que cresça mais rápido na segunda liga que na primeira. E com isso arrisca-se a ser emprestado à primeira liga na época que vem.

  2. Prefiro k seja emprestado a um clube da 2ª divisão k joga para os 1ºs lugares e para subir de divisão do k seja emprestado a clubes da 1ª k só jogam para não descer onde jogadores cfomo o Daniel Bragança não vai aprender nada e muito menos crescer como futebolista pois essas equipas jogam sempre para 1 pontinho ou seja á defesa e muitas vezes com autocarros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar