Liga Europa

Vamos começar desde logo por ser honestos, o Sporting hoje não foi de longe a melhor equipa em campo.

O Arsenal jogou melhor, criou mais perigo, e claramente se houvesse um vencedor com justiça teria de ser a turma de Londres.

Agora a equipa do Sporting mostrou-se sempre organizada a defender, com muito esforço e abnegação desde o primeiro minuto, e a tentar ser inteligente ao tentar evitar o chutão e sair a jogar. Mesmo que na realidade nunca tenha consigo sair com sucesso para o ataque.

Na primeira parte Montero e Diaby passaram por completo à margem do jogo. Sendo que Diaby na segunda parte melhorou um pouco.

O resto foi tudo mais ou menos idêntico. Toda a gente concentrada na sua função que cumpriram com todo o rigor que conseguiam.

O que fica para a história? Um empate a zero e um ponto que nos garante uma vantagem super confortável para o apuramento para a próxima fase. Não é nada para festejar, mas sinceramente nada para ficar envergonhado.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ao contrário do que diz, eu acho que, apesar do resultado, temos muito que celebrar, só o facto de olharmos para o banco e não vermos o PeZero é um enorme motivo de satisfação.
    Ontem fomos a “equipa pequena” que teve que defender com abnegação, mas fomos competentes nesse objectivo e sem apresentar os três pivôs defensivos, como vergonhosamente fizemos em Alvalade, num jogo que, com um treinador competente, podia perfeitamente ter tido outro desfecho.
    Agora é ganhar ao Chaves, esperar pelo novo treinador e, apesar de numca ter ouvido falar nele, desejar-lhe a maior sorte do mundo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.