Segunda-feira, Agosto 10, 2020
Início Notícias Carta aberta ao Sportinguista

Carta aberta ao Sportinguista

Bom dia caro Sportinguista,

Vi muitos dos nossos na passada sexta feira a desesperar após a derrota em casa com o Tondela. Sim, bem sei que o resultado foi um 2-2, mas para um Sportinguista isto não deixa de ser uma derrota. Entramos sempre em campo para ganhar, e qualquer resultado que não esse é uma derrota.

Eu estive lá, tal como tu estiveste, ou quiseste estar. E viste tão bem como eu o quão encomendada aquela arbitragem foi. Nem falo dos lances capitais, se bem que podia falar. Falo das inúmeras faltinhas trocadas. Falo dos lançamentos ao contrário. Do antijogo permitido quase que com um sorriso. Tu viste e sentiste qual a lição que o tipo do apito trazia ensinada. Eu também a vi. Também a senti. E também a mim me enoja.

Mas sabes o que me enoja mais? Ver alguns dos nossos em entrar em depressão histérica por causa deste resultado combinado com a vitória dos de Carnide.

Quando vires um destes nossos irmãos de cor a sentir-se dessa forma relembra-lhe que continua em primeiro.

Relembra-lhe que mesmo com apenas dez em campo a equipa mostrou uma garra e um fulgor ofensivo que mostra que tem estofo de campeão. Não deu é certo para ganhar este jogo, mas essa parte acho que muito nos podemos queixar à tão madrasta sorte.

Relembra-lhe as arrancadas que o nosso menino Gélson teve. O fulgor com que abordou cada lance e a alegria com que sempre procurou a baliza adversária.

Relembra-lhe a garra e pulmão de Adrien e Slimani. O primeiro a fazer a certa altura um meio campo de um homem apenas. E o outro a ser Ponta de Lança, trinco e central. Tudo ao mesmo tempo.

Relembra-lhe também a classe de Bryan Ruiz. Que desta vez até a usou não só para perfumar o ataque, mas também para ser o primeiro a pressionar e a recuperar bolas no último terço. Bolas essas que saiam logo para jogadas de perigo dos seus pés de veludo.

Relembra-lhe tudo o que de bom viste. Relembra-lhe a bancada toda a cantar “Nós acreditamos em vocês” ao intervalo.

Isto é o Sporting. É por isto que temos de ser campeões. E contra tudo e contra todos, acredito piamente que este ano o seremos.

Esta carta é para ti, para te lembrares sempre disto, e para transmitires aos outros o que sentes.

Viva o Sporting, e claro, Saudações Leoninas!
PARTILHA

Revolução digital: Prometido vs Em preparação

4
As diferenças entre as alterações eleitorais e digitais que Frederico Varandas propôs antes de ser eleito, e que estão a preparar agora.

Carlos Barbosa da Cruz engana-se no centro do seu argumento em defesa do sistema...

2
O tema do voto eletrónico, i-voting, e do número de votos de cada associado estão hoje no centro dos temas da agenda...

Facturação caiu 40%? Bilhética e merchandising subiram 150%? Ou Zenha mentiu?

1
Francisco Salgado Zenha fala numa percentagem da facturação do Sporting que revela ou uma mentira ou um cenário bem estranho.

Comparando Paulo Bento com Jorge Jesus, olhando Rúben Amorim e Varandas

0
Se formos avaliar bem o trabalho de Jorge Jesus e Paulo Bento temos notas importantes para Rúben Amorim e Frederico Varandas

Mentira do Record sobre as dívidas do Sporting descoberta há 48 horas

As provas da mentira do Jornal Record sobre as dívidas ao Sporting, não emendado nem desmentido em 48 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar