Durante anos achei que apesar de tudo o Record era dos três jornais desportivos o menos anti Sportinguista.

Justifiquei perante a minha consciência milhares de vezes que o problema seria o Querido Manha, e depois o Nuno Farinha.

Hoje a capa do Record coloca ainda mais dúvidas no pensamento. E prova duas coisas.

Record é propaganda vermelha

Não sei se ganham algo com isso. Nem sei se são ordenados ou controlados por alguém para o fazer. Mas toda a capa, desde a parte sobre o Sporting à sobre os outros clubes, parece feita à medida dos interesses propagandísticos do Benfica.

E com sérias dúvidas sobre a veracidade e lógica de muitos dos dados apresentados.

O cúmulo é divulgar SMS do presidente do Sporting na capa, quando rejeitaram terminantemente colocar mails do Benfica graves na mesma situação. E de referir que a SMS do presidente do Sporting é algo interno e sem grande interesse jornalístico. Os do Benfica Seda provas de crime.

Alguém dentro do Sporting agiu sem querer saber do interesse do Sporting

Não sei quem entregou estas SMS à imprensa. O caso menos grave, e mesmo assim grave, seria um jogador inocentemente ter mostrado ao seu empresário que teria feito isto.

Se foi alguém do Sporting a fazê-lo… Bem terá a minha completa reprovação e o desejo que seja apanhado e algo de um processo disciplinar. Seja ele jogador, elemento da estrutura técnica ou outro cargo qualquer. Quem o fez não só não ajudou em nada o Sporting como ainda ajudou a tirar da ribalta de novo o Benfica quando surgiram provas de mais crimes. Quem o fez em nada ajudou o Sporting ou a verdade desportiva.

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois a mim parece-me óbvio que isto foi colocado pelo Sporting para defender a imagem do Presidente… Não acredito que tenha sido um jogador a meter isto nos jornais! Não fazia sentido pois estas mensagens não têm nada de mal…

  2. O SPORTING desde que me conheço e já lá vão 58 anos não precisa de ter inimigos externos porque sempre os tivemos dentro de casa. Unidade e espírito de equipa muito raramente se vê no Clube em que nasci e que serei quando morrer. Toda a gente tem necessidade de protagonismo e, esquecem-se que, acima de todos está o SPORTING e enquanto não se inverter isto continuaremos este caminho sinuoso de intriga e maledicência. Ninguém é proprietário nem mais SPORTING do que qualquer outro SPORTINGUISTA. É altura de pararmos as guerrilhas internas e concentrarmos naquilo que realmente interessa que é sermos melhores que os nossos rivais. Podemos ter opiniões diferentes mas existem locais próprios onde se podem debater em vez de ser na praça publica e onde por culpa própria somos achincalhados e gozados. Os presidentes passam os técnicos passam os jogadores também mas o nosso SPORTING continua.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.