Sexta-feira, Dezembro 9, 2022
InícioAnáliseClubeBruno de Carvalho, Carlos Vieira e restante Conselho Directivo impedidos de ir...

Bruno de Carvalho, Carlos Vieira e restante Conselho Directivo impedidos de ir a eleições

Foi ontem à noite conhecida a suspensão de Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Luís Roque, Luís Gestas e Alexandre Godinho.

No caso de Bruno de Carvalho esta suspensão será de um ano, nos restantes casos será de dez meses.

O motivo da suspensão foi a criação da MAG temporária, liderada por Elsa Judas, e por não terem aceite fazer de início a Assembleia Geral Destituitiva.

Estas suspensões a partir do momento que são publicadas podem ser recorridas para uma assembleia geral. Que no limite pode ser pedida com 8 dias de antecedência, desde que se possa publicar no Jornal Sporting com 8 dias de antecedência.

Se a suspensão fosse anunciada até dia 31 de julho poderia ter sido feito o recurso até ao limite da entrega das listas. Como foi no dia 2 de agosto já não é possível.

Como tal Bruno de Carvalho e Carlos Vieira estão fora da corrida eleitoral, a não ser que surja algo de via judicial.,

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

1
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

3 COMENTÁRIOS

  1. A golpada persiste, enquanto os croquetes que endividaram o clube, roubaram , prejudicaram gravemente, tem lugar de destaque nas bancadas. O Bruno que devolveu o Sporting aos sócios e a sua gloria, e suspenso 1 ano, porque o jaime soares disse que se tinha demitido assim como o resto da mag. Causa me uma tristeza enorme , o que o Sporting tem la dentro, e suportado pelos tais 70% de Sportinguistas da cmtv, e afins. Custa me imenso dar apoio a um clube, que não e aquele que eu gostaria que fosse, ou melhor que um clube que deveria ser. Claro que quero o sucesso do Sporting, mas a historia diz nos que esses croquetes o único sucesso que tiveram foi com as autoridades. Sporting nao pode ser isto, vamos ver e esperar o melhor, mas sem Bruno e muito mas muito difícil.

  2. Vou só aqui dizer uma verdade, para que ninguém se esqueça. Esta Comissão de Fiscalização/Pelotão de Fuzilamento (riscar o que não interessa) foi formada a 31/05, tendo anunciado, se bem se lembram, nesse mesmo dia, que havia processo disciplinar contra BdC. A MAG transitória, por seu lado, só foi formada no dia seguinte. E vêm agora dizer que isso é um dos motivos para a suspensão, correto?
    Sai gelados para a testa do canto!

  3. Ahahhahahahaha mas quem manda? O povo ou a elite? Agora chupam e xiu. Estamos endividados até ao nò… Temos é muitas pessoas com bom coração que estão preparadas para ajudar ahahhahahahaha já vamos em 10. O clube dos fantoches

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar