Terça-feira, Setembro 29, 2020
Início Notícias Benfica gasta mais em Vouchers para árbitros que nas Prostitutas pediam por...

Benfica gasta mais em Vouchers para árbitros que nas Prostitutas pediam por email

Lembro-me bem de um artigo que fiz em 2015, ainda era jovem este espaço, em que segui as regras dos vouchers que foram trazidos a público e que o Benfica dava a todos os elementos das equipas de arbitragem que iam apitar jogos do Benfica.

Nessa altura fiz as contas e deu um valor de 358,5 euros por cada membro da equipa de arbitragem. Sendo que já isso era para a UEFA valor de corrupção, sendo o limiar os 200 euros (link).

Lembro-me bem também das ridículas figuras que militantes do Benfica fizeram nessa altura para tentar desvalorizar a questão, falando dos valores, e que estariam até limitados ao número de pessoas e aos valores máximos. E toda a cartilha começou a fazer passar a mensagem que nunca seria mais de 70 euros. Até há a célebre pérola de Rui Gomes da Silva.

“Seria muito mau para a arbitragem em Portugal, se se deixasse corromper por 70 euros”

RUI GOMES DA SILVA

Hoje na reportagem da TVI ficamos a saber que houve vouchers a serem utilizados para valores superiores a 600 euros. Isto é mais de 167% da estimativa que fiz, e mais que um salário mínimo na altura. Isto já pode ser considerado corrupção?

Tendo em conta que criticam outros clubes que ofereciam prostitutas aos árbitros, seria esse um valor menor? Mas até aí se a justiça existir serão apanhados. É que nos emails que surgiram depois falavam e bem dos preços das prostituas que o Administrador da SAD do Benfica contratava.

Engraçado, nesses emails que vieram a público os valores das prostitutas eram inferiores ao valor que foi agora provado que gastavam em vouchers. E a questão é que tudo aponta para que talvez fossem ofertas duplas…

Felizmente o Sporting nunca esteve em casos destes, o Porto safou-se, até porque nessas escutas também surgiu Vieira a escolher árbitros.

E ainda antes que venham com o caso Paulo Pereira Cristóvão, caso denunciado pelo Sporting, foi um caso, no entanto de tentar incriminar um árbitro, nunca existiu corrupção, e mesmo esse crime de Paulo Pereira Cristóvão nunca chegou a ser concretizado desportivamente.

Análise à vitória do Sporting frente ao Paços de Ferreira

0
Ontem o Sporting foi a Paços de Ferreira vencer o clube local por duas bolas a zero, como se costuma dizer sem...

Paços de Ferreira vs Sporting – Repetindo um onze para começar a Liga com...

0
Prestes a começar a Liga NOS, na segunda jornada, o Sporting acaba de informar que irá a jogo com o Paços de...

Sporting desrespeita a sua história e dá nome de Futre a campo

4
Quando pensava que esta direcção podia estar a ganhar algum tino, pela parte das compras deste mercado de transferências de repente dão...

OFICIAL – Academia Cristiano Ronaldo é agora o nome da Academia de Alcochete

1
A partir de agora a Academia do Sporting Clube de Portugal passar-se-á a chamar Academia Cristiano Ronaldo. Esta é uma daquelas notícias...

Rogério Alves apanhado a passar informação a Luís Filipe Vieira. E agora?

1
Há muitos anos que não tenho uma opinião nada positiva sobre Rogério Alves. As ligações que teve a algumas das direcções que...

16 COMENTÁRIOS

  1. «esse crime de Paulo Pereira Cristóvão nunca chegou a ser concretizado desportivamente.»

    E é conhecido há algum caso de voucher oferecido, que tenha sido concretizado desportivamente?
    É conhecido algum caso de voucher que tenha sido oferecido na sequência de algum pedido de favor a árbitro, delegado, ou alguém com poder de decisão?
    É que, se não há pedido de “benefício”, nem “corrompido”, não pode haver tentativa e muito menos corrupção.

    Quanto aos valores em apreço pouco importa para a justiça civil.
    E, quanto à Justiça desportiva, já o caso foi devidamente investigado e arquivado na UEFA e na FPF.

  2. Ridículo o k diz Francisco. Trata se da moral da coisa, basta a intenção de corromper de amigar que deve ser julgado não tanto se resultou se não. Falamos tanto de fair play para quê? Lembrem se que os vauchers eram oferecidos a 7 elementos todos da arbitragem, nos jogos em casa e fora tanto na liga como na equipa b. Acham mesmo que isto é cortesia?
    E tudo o resto que veio dos emails?
    Desportivamente é que a justiça devia e podia ser célere com o k a PJ já descobriu. Se fosse honesta a justiça desportiva. Lembram se como o BC foi desvalorizado qnd falou nos 600 euros e na pouca vergonha que representavam esses vauchers? O tempo deu lhe razão como o tempo demonstrou já a sua não participação nem apoio à invasão de Alcochete. A verdade é como o azeite

  3. «basta a intenção de corromper…»

    Caro Mário de Sousa, o que diz a lei vigente sobre a corrupção é que tem de se reunir vários factos para haver corrupção ou mera tentativa de corrupção.

    Em primeiro lugar tem de haver um “corruptor” e um “corrompido”. Mas só isso não chega, tem de se provar também que o corruptor fez um “pedido de favor ilegal” (tentativa de corrupção) e que o corrompido usou o seu poder de decisão para executar esse pedido (corrupção efectiva).

    Ora, no caso em apreço, ainda ninguém apontou um único “corrompido” nem um único “pedido de favor ilegal” que tenha sido solicitado pelo(s) corruptor(es) ao(s) corrompido(s). E sem isso não caso nenhum, apenas bla, bla, bla,

    Já agora, apenas acrescento que o “caso” ontem revelado pela TVI, se fosse verdadeiro, seria o primeiro caso de corrupção do mundo, com facturas emitidas. Uma corrupção tão avançada que até pagava impostos… Ahahahahahaha!….

    Em suma: tentando dar algum crédito ao trabalho da TVI, este apenas serve para revelar que:
    1. 5 ANOS (!!!!!) de investigação da PJ, não chegaram para descobrir qualquer ACTO de corrupção, ou sequer qualquer indício de corrupção. Até a PJ sabe que na verdadeira corrupção tudo se faz às escondidas e nunca se emitem facturas.
    2. Este caso do vouchers, já arquivado em várias instâncias da justiça desportiva, naciojais e da UEFA, é também um não caso na justiça civil. Arrisco-me a dizer desde já, que se não houver mais dados que os revelados pela TVI, nem a julgamento vai.

    • Permita-me corrigi-lo, Francisco, nos cinco anos que se passaram a PJ descobriu fortes indícios de corrupção no caso dos vouchers que o juntou a outros casos num megaprocesso. E como foi explicado, é normal esse tempo todo enquanto estratégia da PJ ou do MP.

      Quanto à justiça desportiva, a conclusão desta ao caso dos vouchers baseou-se na informação prestada pelo Benfica, que como a PJ veio a descobrir, não corresponde à verdade.

      Não sei se pessoas como você são desonestas e têm uma agenda ou se simplesmente está em negação.

      • Quais fortes indícios é que tem conhecimento?

        Na notícia da TVI não há uma única referencia ao essencial para se verificar corrupção ou mera tentativa, ou seja: qual ou quais os corrompidos, e qual ou quais os pedidos ilegais solicitados pelo “corruptor” em troca das “ofertas dos vouchers”… Ora sem isso, não há (tentativa de) corrupção nem sequer quaisquer indícios. O que temos até agora são meras suspeitas em investigação há 5 anos (!!!).

        Mesmo considerando a tese do “mega processo” para tentar justificar 5 anos de investigação, sem produzir uma única acusação ou mera constituição de arguidos, há-de convir que é demasiado tempo. Ou seja, tudo leva a crer que não foram reunidos dados suficientes para identificar arguidos nem para produzir acusação.

        Vou dizer mais uma vez: com o que tem sido revelado pela CS até agora, não há factos que justifiquem uma acusação para ir a julgamento. O que temos visto é muito falatório, muito bla, bla. bla, mas, de concreto, em matéria de corrupção, temos… nada.

  4. «E tudo o resto que veio dos emails?»

    Tudo o resto é o quê?…

    Até agora, todos os órgãos da Justiça e ERC, que analisaram o caso, não encontraram “resto” nenhum. O que encontraram e revelaram nos respectivos acórdãos, foi a truncagem de frases e a manipulação de frases de diferentes mails, para criar um cenário de imaginário de corrupção.

    Alias, ainda esta semana o Ministério Público, proferiu um acórdão onde desmonta completamente as narrativas desse tal Jota Marques, acusando-o, a ele sim e a mais dois, de 11 crimes cometidos no Porto Canal, onde revelava mails de forma deturpada.

    Em suma: também no caso dos mails se está a mostrar que não foram encontrados factos passíveis de ser julgados como corrupção desportiva e que os únicos crimes a eles associados são os crimes de ROUBO, RECEPTAÇÃO DE COISA ROUBADA, DIVULGAÇÃO DE CORRESPONDÊNCIA PRIVADA SEM AUTORIZAÇÃO e CONCORRÊNCIA DESLEAL.
    São estes os crimes que já foram julgados e condenados, ou estão a aguardar julgamento. Tudo o resto é fumaça.

  5. Infelizmente depois de ver a reportagem fiquei desiludido.
    É um “saco de nada”…… Estava a espera de mais, algo grave e que coloca-se o benfica numa posição desagradável.

    Ridícula a reportagem infelizmente. Acho que aquilo foi só para tentar tirar audiências ao programa novo do Humorista Ricardo Araujo Pereira na SIC.

    Fiquei com a sensação que, não passa de uma guerra interna entre o Porto e o Benfica… Eles que se matem e torturem um ao outro.
    Nem nos devíamos meter ao barulho, devemos é estar preocupados com a nossa casa. Agora com a casa dos outros, estou-me nas tintas. Ainda para mais, por porcaria de jantares para 8 ou 9 pessoas , que custaram 600€.

    Se algum árbitro e delegado da liga, se deixasse corromper por 70€ (por pessoa) num jantar… Mais valia acabarem com o campeonato português.
    Alguém no seu perfeito juízo acredita nisso????? Ainda por cima era no final do jogo independentemente do resultado que o slb, oferecia essa treta.
    Por amor de Deus, isso não é corrupção. Temos de abrir os olhos e ser justos com as coisas…. Não gosto deles, mas também não me deixo levar por qualquer porcaria.

  6. Ou são ingénuos ou não querem ver meus amigos. Esperemos então pelas conclusões e provas. Para mim a cortesía bastante nas relações desportivas entre clubes e árbitros é a boa educação. Todo o tipo de presentes, ofertas ainda mais com carácter de rotina tem sempre a intenção do comprometimento, da vassalagem. E os juízes, os funcionários judiciais comprometidos todos a favor da mesma causa indiciam o mesmo. Tal como a vergonhosa época da fruta com o FCP na pessoa dos seus dirigentes, em que as autoridades desportivas, erradamente seguiram as limitações da justiça civil. Se as escutas não validaram as punições civis já as desportivas só por favorecimento fizeram o mesmo. As escutas eram genuínas logo os dirigentes puníveis desportivamente. Como disse o Rui Gomes da Silva ficaria preocupado se os árbitros se deixassem corromper com apenas 70 euros. Ele sabe bem do k fala. A mim o k me preocupa é fair play, dignidade, transperencia não se se prova ou não

  7. Desculpe Valdemar mas Benfica é uma enorme instituição tal como Porto ou Sporting. As pessoas que os dirigem essas sim podem ser criticadas e denunciadas. A rivalidade não deve descer ao nível baixo da simples difamação. Sejamos justos e objectivos

    • O benfica, clube, instituição que mente até na data da fundação, é as pessoas que o dirigem de forma corrupta, e os adeptos que:

      a) não querem saber, desde que vão festejar ao Marquês

      b) sabem mas fingem que não, porque vão festejar ao Marquês

      c) sabem mas não se importam, porque vão festejar ao Marquês

      Não conheço um rabolho que se envergonhe das tropelias da própria direcção, no entanto todos eles tinham opinião sobre um ex-presidente do Sporting e todos tinham a certeza de coisas que, ficou provado em tribunal, eram mentira. Mas assobiam para o lado nos VÁRIOS casos que envolvem corrupção, tráfico de droga, corrupção do fenómeno desportivo, assassinato de pessoas.

      Portanto, como compreenderá, para mim, benfica é merda, bem como todos os seus adeptos, coniventes com corrupção, batota e chico-espertismo.

  8. Mas não esqueça Sporting, Benfica são ideais, paixões estão acima dos homens que por lá psssam. Temos que mostrar então que somos diferentes e primeiro k tudo respeitar as instituições rivais. Nem todos os Benfiquistas são como descreve como nem todos os Sportinguistas são santos. Eu quero um futebol sem corrupção, sem favores, sem cânticos ofensivos. Rivalidade saudável para denunciarmos os vieiras, os pintos da Costa e já agora os varandas, marta Soares, Sousa Cintra e outros que por diferentes razões também não são flor que se cheire. Cuidemos da nossa casa, a justiça vai cuidar do Benfica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar