Sábado, Abril 17, 2021
Início Análise Clube Até o caso Marega foi trazido para a Guerra Civil do Sporting

Até o caso Marega foi trazido para a Guerra Civil do Sporting

Hoje Marega foi vítima de um episódio racista que o levou a sair do campo forçando uma substituição, quando o árbitro da partida se esquivou de fazer o que estava correcto.

Passado pouco tempo vejo um comunicado do Sporting surgir nas redes sociais solidarizando-se com o atleta e rejeitando qualquer forma de racismo. Gostei de ver a pronta reacção, e defendo sempre que assim seja.

Entretanto começo a ver benfiquistas a fazerem tristes figuras questionando o que teria provocado Marega ou fazendo menção a casos anteriores para dizer que o seu clube era mais vítima que os outros. O costume, e que me faz sempre rir um bocado com tamanha parvoíce.

Estava divertido nessa fase quando de repente começo a ver reacções de vários Sportinguistas alinhados com esta direcção a criticar ferozmente as claques, não do Vitória, mas as claques no geral. A pegarem no seu cavalo de batalha recorrente e começarem um chorrilho contra as claques, até as suas especialmente a Juventude Leonina. E de repente um bom comunicado do Sporting pegava em clima de guerra civil de novo.

Mas não ficou por aqui, porque não há apenas um lado nesta guerra civil do Sporting, e de repente começam a chover reacções de pessoas que contestam Frederico Varandas questionando a reacção pronta desta vez ao contrário de outro caso em que a vítima foi um adepto Sportinguista. E de repente já era a direcção fonte de todos os problemas. E mesmo que tenham estado mal de outras vezes não torna menos bem esta condenação do acto de hoje.

Até num simples caso de racismo, que foi, e bem, condenado pelo Sporting de repente tudo se vira de novo para dentro na guerra civil sem quartel que vivemos. Já não há paciência para isto.

Vergonha do caso Sócrates será tentada pelo Benfica por certo

5
Hoje vivemos um dia negro na história da justiça em Portugal. Todos ouvimos as escutas de José Sócrates, todos sabemos o que se passou,...

E agora? Continuamos jogo a jogo

1
Tenho visto muitos Sportinguistas alarmados após a última jornada, em que frente ao Moreirense, com claro azar, empatamos a uma bola perdendo efectivamente dois...

Partiu a Voz do Sporting – Até sempre Maria José Valério

0
Hoje o dia começou com uma notícia triste. A voz do Sporting, Maria José Valério, faleceu, vitima de COVID-19. Lembro-me bem a crescer a ouvir...

A centralização dos direitos televisivos chegou

0
A centralização dos direitos televisivos chegou. Já há muito que devia ter chegado, mas antes mais tarde que nunca. Honra seja feita a Pedro Proença,...
video árbitro

Primeiro golo do Porto é ilegal. Porque o VAR não invalidou?

2
O roubo de ontem nos Barreiros, onde deu uma vitória forjada ao Porto, teve obviamente três pontos chave. A não mostragem do amarelo ao...

3 COMENTÁRIOS

  1. Sporting meu filho… Sporting é que temos que falar. Que cada dia que passa parece que o buraco está maior. O racismo é dar.mos importância a pessoal de terceiro mundo que se comportam como animais… A justiça é o governo e a liga é que tem que atuar… Não os media. É a minha opiniao

    • Verdade. O problema é quando estas coisas começam a ser um problema cultural. Quem é que nunca assistiu estes insultos num estádio? Hoje em dia a maioria das pessoas são bem comportadas em sociedade, quando entram num estádio vale tudo. Como se isso servisse de desculpa para ofender e denegrir o próximo só por vestir uma camisola diferente do Sporting. Há quem possa dizer que é brincadeira e que vivemos num país é livre de dizer aquilo que pensamos e o que fazemos e aí sim quem infringir deve ser condenado dentro ou fora do estádio. Se os clubes podiam fazer mais? Claro que podiam, reforçar com câmaras e serem denunciantes e quem sabe expulsar. Olhem o shalke foi punido severamente pela federação acabou por agradecer a mesma. Já na Rússia o Zenit a própria claque/adeptos protestaram por existir jogadores negros na equipa e não vi qualquer censura a isso. Aí tratando-se de um país peculiar o exemplo devia de vir com a UEFA a proibir o Zenit das competições europeias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar