Terça-feira, Novembro 29, 2022
InícioNotíciasAlgumas notas sobre a Assembleia Geral de ontem

Algumas notas sobre a Assembleia Geral de ontem

Ontem decorreu mais uma Assembleia Geral Ordinária do Sporting Clube de Portugal, com os pontos habituais de aprovação de contas, ao que se somou o ponto de aprovação da mudança de nomes das portas para antigas glórias do clube.

Um dos objectivos das Assembleias Gerais é discutir e aprovar as contas do clube. Neste momento do clube nada disso se faz.

Ninguém está interessado em discutir as contas. A direcção, ao escolher as horas da Assembleia Geral, não quer promover que se faça um debate sério e concorrido. O Presidente da Mesa da Assembleia Geral, ao fazer esta modalidade de voto presencial, mas que pode começar ainda antes do discurso de abertura do Presidente, também promove tudo menos isso.

E depois claro, quem tem usado da palavra nestas Assembleias Gerais vai lá para elogiar a direcção, raros, ou para atacar a direcção por todos os motivos que se lembrarem, justos ou não, e raramente sobre contas.

Isto é claro numa Assembleia Geral feita em Lisboa a um dia de semana. Se era para este sistema de votação que se fizesse um sistema de voto eletrónico, com alternativa pessoal. E em vez de uma Assembleia Geral deste cariz que se fizesse antes uma, ou várias, em Lisboa ou outra localidade, e transmitida nos núcleos.

Agora no sistema actual serve apenas para uma data de gente, dos dois lados da barricada, andarem às turras uns com os outros.

O Presidente Varandas disse serem apenas 400 a fazerem ruído e a votar contra. Acredito que serão mais, mas muito menos do que também eles pensam. Agora também sei de uma coisa, tanto estes sócios “indignados” como os que os contrapõem do lado da actual direcção são uma minoria.

A grande maioria dos adeptos do Sporting que eu conheço está completamente à margem desta confusão, e farta de que duas grupetas de Sportinguistas andem a fazer tudo isto. Mas que estão na sua legitimidade democrática de a fazer, e como tal se quiserem, continuem.

Mas também sou sincero, enquanto for este o clima dificilmente apanham-me numa Assembleia Geral tão cedo. E quanto ao apoio ou não a Frederico Varandas enquanto presidente, será dada a resposta em Março de 2022, nas eleições. É esperar pouco mais de seis meses, e sem precisarmos de peixeiradas.

Trincão é a imagem de uma equipa perdida.

0
Estou completamente farto de Francisco Trincão. Um jogador deambula entre a vontade de fazer mais uma fintazinha para o Youtube e o poder de...

Rúben Amorim e o que começa a parecer a história de Paulo Bento

1
Há uns dias, após a vergonha passada frente ao Marselha em Alvalade, estive para fazer um texto a comparar Paulo Bento e Rúben Amorim....

O que dizer do fim do Futebol de Praia do Sporting?

1
Lembro-me bem dos grandes jogos de Futebol de Praia que nos agarravam à televisão no final dos anos 90, e início da década de...
mercado de transferências

O que tem de ser feito até ao fim do mercado para ainda sonhar?

O jogo do passado sábado terá de ser visto para toda a equipa técnica e directiva como um enorme abre olhos. O Sporting precisa...

O que se passou ontem com Rúben Amorim?

0
Gosto muito de Rúben Amorim, e é o melhor treinador que já vi treinar o Sporting.  A forma que pegou na equipa sem medo, de...

1 COMENTÁRIO

  1. Tenho a mesma opinião. Não sou de “peixeiradas”, mas tenho visto que aqueles de ontem são os brunistas e outros de que falaste serão os croquetes. Mas também acho que os mustafados andam aí a minar a paz que se deseja e prontos para virem dar apoio a uma direção que os queira como cão de guarda. Por mim sou a favor da democracia e não merece o desrespeito os que elegeram o Varandas assim como aqueles que abandonaram o brunismo. Só juntos seremos grandes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar