Quarta-feira, Setembro 18, 2019
Início Imprensa Nacional Alexandre Pais acha que anular golos ilegais é retirar a verdade ao...

Alexandre Pais acha que anular golos ilegais é retirar a verdade ao jogo

Este fim de semana vi pela primeira vez em acção decisiva uma das novidades da Liga para este ano, as linhas de fora de jogo do vídeo árbitro. Estas ao contrário das que a Sport TV utilizava no ano passado são feitas com recurso a software específico para o efeito e conseguem dar com exactidão se o jogador estava ou não em fora de jogo. E como tal são passadas pelo vídeo-árbitro ao árbitro principal.

Num lance rápido de ataque do Benfica, que terminou com a bola dentro da baliza do Belenenses, foi revisto o lance e colocada correctamente a linha de fora de jogo o que motivou à anulação do lance.

Noutros tempos teria sido um golo ilegal, desta feita foi um golo bem anulado sem qualquer sombra de dúvida.

Sobre isto hoje Alexandre Pais no Record diz isto.

Isto é algo que me faz uma confusão tremenda. Finalmente temos um mecanismo que permite avaliar de forma correcta se um jogador estava ou não em fora de jogo no momento de um passe, e em segundos. Logo há menos erros, logo mais verdade desportiva.

Como raio é que Alexandre Pais acha que havendo mais decisões correctas da equipa de arbitragem tornam o resultado menos verdadeiro? Ou é daqueles que acha que a Mão de Vata ou a Mão de Deus são algo para celebrar, e não erros de arbitragem que mudaram a história para longe da verdade desportiva?

Cascais Global Sports Summit – Isto sim faz falta em Portugal

A quantidade de tempo que se perde a discutir o futebolzinho em Portugal é inacreditável, sendo que todos aqueles programas manhosos de televisão...
Bruno Fernandes

A prova do que sofreu Bruno Fernandes no Bessa

Ontem foi feito um espectáculo de violência sobre Bruno Fernandes organizado por Jorge Sousa e perpetrado pelos jogadores do Boavista.

Jorge Sousa mostra como se manipula um jogo mesmo com VAR

Amanhã faço um resumo e análise completa do jogo de hoje frente ao Boavista, mas posso já adiantar que não gostei nada da nossa...

Quem jogará a ponta de lança amanhã frente no Bessa?

Amanhã no Bessa Leonel Pontes fará o seu primeiro jogo como treinador do Sporting após a saída de Marcel Keizer. E depois...

O resumo perdido do jogo com o Rio Ave

Acabei por não fazer o resumo do jogo após o confronto com o Rio Ave. Os rumores da saída de Keizer e...

6 COMENTÁRIOS

  1. A regra é clara… e o golo mal invalidado! Seferovic nunca em momento algum interferiu com a capacidade do defesa poder jogar a bola em condicoes… e assim sendo, e seguindo a regra, nunca o lance poderia ser anulado por um fora de jogo posicional.

    Mas, e uma mencao ao penalty nao assinalado sobre o Rafa? Foi bem antes desse lance… o mesmo mecanismo (VAR) que e usado para garantir a verdade desportiva (???) devia estar desligado porque essa “verdade desportiva” so interessa se for contra o Benfica.

    • Lá está, não saber as regras dá nisso… mandar umas bujardas e inventar umas regras não torna um golo irregular em regular, mas continua que vais bem.

      • Matuta, diz la em qual dos seguintes pontos e que se enquadra a infraccao… assim ajudasM a entender a regra…

        Um jogador na posição de fora de jogo no momento em que a bola é jogada ou
        tocada por um colega de equipa só deve ser penalizado se tomar parte ativa
        no jogo:
        • interferindo no jogo jogando ou tocando a bola passada ou tocada por
        um colega de equipa ou
        • interferindo com um adversário:
        • impedindo um adversário de jogar ou poder jogar a bola obstruindo
        claramente a linha de visão do adversário ou
        • disputando a bola com o adversário ou
        • tentando claramente jogar a bola que se encontra junto a si quando esta
        ação tiver impacto num adversário ou
        • tomando uma ação óbvia que tenha um impacto claro na capacidade de
        o adversário jogar a bola
        ou
        • ganhando vantagem dessa posição jogando a bola ou interferindo com um
        adversário quando a bola tenha:
        • ressaltado ou tenha sido desviada de um poste, da barra, de um elemento
        da equipa de arbitragem ou de um adversário
        • sido deliberadamente defendida por qualquer adversário

        Não se considera que um jogador tira vantagem da posição de fora de jogo
        quando recebe a bola de um adversário que jogou a bola deliberadamente
        (exceto numa defesa deliberada).
        Uma “defesa” ocorre quando um jogador detém a bola, ou tenta deter, que se
        dirige para a baliza, ou está muito próxima da mesma, com qualquer parte do
        corpo exceto as mãos/braços (a não ser que se trate do guarda-redes dentro da
        sua área de penálti).
        Em situações em que:
        • um jogador que se mova de, ou se encontre em posição de fora de jogo, esteja
        no caminho do adversário e interfira com o movimento do adversário em
        relação à bola, se tal tiver impacto na capacidade do adversário jogar ou
        disputar a bola é considerada uma infração de fora de jogo; se o jogador se
        mover para se colocar no caminho de um adversário e impedir a progressão do
        adversário (por ex. bloquear o adversário), a infração deve ser penalizada de
        acordo com a Lei 12.
        • um jogador que em posição de fora de jogo se movimente em direção à bola com
        a intenção de a jogar e sofrer falta antes de a jogar ou a tentar jogar, ou esteja a
        disputar a bola com um adversário, a falta é penalizada, uma vez que tal ocorreu
        antes da infração de fora de jogo
        • uma infração é cometida contra um jogador que já se encontra em posição de
        fora de jogo a jogar ou a tentar jogar a bola, ou a disputar a bola com um
        adversário, a infração de fora de jogo é penalizada, uma vez que ocorreu antes
        da outra infração.

        • Pelas suas regras aplica-se esta:

          • uma infração é cometida contra um jogador que já se encontra em posição de fora de jogo a jogar ou a tentar jogar a bola, ou a disputar a bola com um
          adversário, a infração de fora de jogo é penalizada, uma vez que ocorreu antes da outra infração.

          Mas se calhar o jogador Seferovic que corre junto ao defesa do Belenenses que faz o corte, nunca correu com ele nem tentou disputar a bola…

          Se não quer ser apanhado em fora de jogo pura e simplesmente não corre junto do adversário. Clarinho ou melhor entendido limpinho limpinho…!

          As regras são para cumprir e neste caso bem!

          • Nem com as regras a frente consegue interpretar o que vem nas mesmas!!!

            Esse paragrafo e referente a faltas sofridas pelo jogador atacante… e como nao é o caso, isso nem se aplica!!!

            Aquilo que deve analisar para verificar a posicao de fora de jogo neste lance sao os seguintes paragrafo da lei:

            Um jogador na posição de fora de jogo no momento em que a bola é jogada ou tocada por um colega de equipa só deve ser penalizado se tomar parte ativa no jogo:

            • interferindo no jogo jogando ou tocando a bola passada ou tocada por um colega de equipa ou (NUNCA ACONTECEU!)
            • interferindo com um adversário: (NUNCA ACONTECEU!)
            • impedindo um adversário de jogar ou poder jogar a bola obstruindo
            claramente a linha de visão do adversário ou (NUNCA ACONTECEU!)
            • disputando a bola com o adversário ou (NUNCA ACONTECEU!)
            • tentando claramente jogar a bola que se encontra junto a si quando esta ação tiver impacto num adversário ou (NUNCA ACONTECEU!)
            • tomando uma ação óbvia que tenha um impacto claro na capacidade de o adversário jogar a bola (NUNCA ACONTECEU!)
            ou
            • ganhando vantagem dessa posição jogando a bola ou interferindo com um adversário quando a bola tenha: (NUNCA ACONTECEU!)
            • ressaltado ou tenha sido desviada de um poste, da barra, de um elemento da equipa de arbitragem ou de um adversário (NUNCA ACONTECEU!)

            Por muito que tentem distorcer a regra para que consigam justificar o injustificavel, isso nao ira acontecer! Sao dois erros claros contra o Benfica, e havendo VAR e regras claras e factuais, fica dificil de entender como e que isto acontece. Ou melhor, se calhar ate nem e assim tao dificil… pois ficamos a saber que como ninguem pediu penalty no lance do Rafa, o mesmo nao deve ser assinalado. As faltas agora so sao assinaladas a pedido.

  2. Os cartilheiros nacional benfiquismo tem de alimentar bem a maquina e por isso que sao pagos, ha conta destas e outras tem campeonatos a mais ha custa da roubalheira , no ano passado foi mais uma vergonha ponta final, feirense e outras ai o var esteve desligado duvido que a toupeira ganhasse os jogos

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar