Nos últimos dias surge de forma muito consistente a notícia que o Colon não irá exercer a opção de compra por Alan Ruiz, regressando desta forma ao Sporting ainda antes de Janeiro.

Não que não fosse este o desfecho esperado, visto empréstimos na América do Sul raramente activarem estas cláusulas.

Quando falamos de Alan Ruiz falamos de um jogador caro, custou perto de 10 Milhões de Euros, que havia sido um pedido expresso de Jorge Jesus que era seu fã, e que Bruno de Carvalho concretizou apesar do custo financeiro.

Hoje todos podemos admitir que foi um mau negócio. Alan Ruiz tem talento mas nunca demonstrou em Portugal profissionalismo suficiente para se tornar um activo sólido.

Mesmo assim nos tempos em que jogou no Sporting acabou por fazer 34 jogos, 7 golos e 9 assistências. Números longe de serem horríveis, e que foram feitos em especial na metade final da sua primeira época por cá.

O que fazer com Alan Ruiz?

Acho que neste caso a venda seria o ideal, mas quem compra um jogador que neste momento está numa fase má da carreira, e que ninguém sabe se regressa aos dias bons?

Na América do Sul há interessados claro, mas para empréstimos sem retorno para cobrir o enorme investimento feito.

A hipótese China, Médio Oriente ou afins seria vista com bons olhos pelo Sporting caso alguém surja com uma proposta que cubra o investimento feito. Mas sem ser internacional A pela Argentina complica um pouco.

Um empréstimo com opção de compra para a Turquia ou Rússia, caso o jogador aceitasse, poderia ser a solução, mas mesmo esses dificilmente compram os jogadores como ainda se viu no caso Talisca.

A solução? Bem, vendo as fotos recentes Alan Ruiz está bem mais magro, o que é um bom indicador. Frederico Varandas conhece pessoalmente Alan Ruiz de trabalhar com ele, deverá saber se tem estrutura mental suficiente para nova oportunidade. Caso tenha, e Marcel Keizer consiga encaixá-lo algures no seu 11, ou 18, porque não arriscar em dar-lhe uma chance, para ver se ainda conseguimos que mostre o potencial que tinha, e a sair um dia que seja por uma porta grande?

Uma coisa é certa, não será um dossier fácil para gerir.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.