Porto Fruta

Sérgio Conceição teve um acto irreflectido que lhe irá custar a presença na final do Jamor caso a justiça se aplique de forma correcta (mais aqui). Agora Francisco J. Marques resolve responder desta forma à queixa que o Sporting justamente colocou sobre o treinador.

O Sporting não recorreu do e-toupeira? Verdade, e teria sido melhor politicamente tê-lo feito. Mesmo assim apenas não o foi porque o Ministério Público já tinha anunciado que o iria fazer, logo era apenas um movimento politico e que teria custos monetários envolvidos.

Agora uma coisa é certa, Sérgio Conceição agrediu o jogador do Sporting. Já na Taça da Liga Sérgio Conceição tentou agredir um adepto Sportinguista com uma medalha, e como tal ao ser reincidente terá mesmo de ser punido de forma clara e dura.

Isto para não falar da agressão que Miguel Albuquerque foi vítima no pavilhão do Futebol Clube do Porto.

Caro Francisco J. Marques, onde raio se exigir que se faça justiça perante a ocorrência de um caso de violência no desporto é incendiar um jogo ou não lutar contra a verdade desportiva? É que não é por o Benfica andar a corromper o sistema há dez anos que nos esquecemos do que vocês fizeram durante vinte…

4 COMENTÁRIOS

  1. São tão hipócritas como os das toupeiras: os dois roubam e continuam a roubar durante os últimos 30 anos e nem sequer lavam aquelas bocas porcas para falar de verdade desportiva! Ao menos, tenham vergonha e abstenham-se de fazer comentários a fingir que são gente séria! Ladrões…

    Só uma retificação ao texto: quem tentou agredir um adepto com um a medalha na taça Lucílio Batista não foi o Sérgio Conceição, mas sim um outro porco como ele (que agora não me lembro o nome, nem quero!).

    SL

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.