Sexta-feira, Julho 30, 2021
InícioAnáliseClube5 Perguntas importantes a fazer sobre o caso Miguel Albuquerque

5 Perguntas importantes a fazer sobre o caso Miguel Albuquerque

Estou um bocado transtornado com todo este caso que afecta Miguel Albuquerque e o Sporting. É público que acho que Miguel Albuquerque é dos melhores funcionários do clube, e que foi decisivo pelo crescimento do Futsal, e agora das modalidades.

E é claro que estou cem por cento do lao das vítimas de violência doméstica, um crime abjecto que deve ser punido legalmente sem qualquer apelo nem agravo.

Ao que é noticiado Miguel Albuquerque foi condenado por violência doméstica para com a sua ex-companheira, com pena suspensa, e essa é a decisão legal do processo.

Pergunta 1: Porque o Sporting suspende e tenta rescindir com Miguel Albuquerque?

Quando me surgiu esta notícia defendi que percebia a lógica em conversas no WhatsApp. Por muito que não haja nenhuma justificação óbvia para o afastamento, por não ter sido decretado um distanciamento obrigatório entre a mulher de Miguel Albuquerque e este, faz sentido proteger uma vitima de agressão, mesmo que isso implique o afastamento profissional de um profissional competente.

Pergunta 2: O Sporting sabia que Miguel Albuquerque e a Ex-Mulher estão de novo juntos?

Esta é a pergunta que torna tudo mais complexo, e que cria aqui um problema moral ainda maior. Caso este afastamento seja para proteger a vítima faz pouco sentido se ela já estiver de novo junta com Miguel Albuquerque.

Para confirmar esta situação ainda ontem, depois das notícias, a Ex-Mulher colocou nas redes sociais imagens deles os dois juntos. Confirmei depois que esta situação era publica e conhecida no clube.

Isto não retira gravidade às acusações, e a lei até está preparada para isso tornando o crime público e impedindo que a acusação possa ser retirada pela vítima.

Pergunta 3: Pode a demissão ser por factos relevantes usando meios do clube e ocultação?

A teoria que surge entretanto é que o clube apesar de saber da acusação e do processo não sabia do resultado, e só soube ontem pela imprensa.

E que a demissão poderia ser por ter sido usado meios do clube na agressão. Se for esta a argumentação a dúvida que surge é se o clube estava ligado com este processo, porque é que não se constituiu como assistente do caso, sabendo também na hora do resultado do mesmo?

Pergunta 4: Pode ser demitido por motivos políticos?

Ignorando todos os outros factos podemos dizer que pode ser demitido por motivos políticos visto ser um crime grave, e que não se quer pessoas com este historial no clube. É uma decisão politicamente viável e aceitável, mas que leva à questão final.

Pergunta 5: Se se demitir politicamente Miguel Albuquerque deveria Varandas se demitir?

Que este processo era conhecido quando Miguel Albuquerque foi convidado por Varandas a ser sua figura de cartaz na campanha é um facto. Tal como posteriormente quando foi eleito era público este caso e tornou Miguel Albuquerque o Director Geral das modalidades.

Se Varandas sabia de tudo isto quando foi eleito, e usou Miguel Albuquerque como a sua maior arma eleitoral, e o confirmou depois como Director Geral das modalidades, teve decisões politicas que o validaram.

Se o demite politicamente, tem outra saída que não apresentar também a sua demissão por motivos políticos derivados do caso?

O nosso Jorge Fonseca mesmo lesionado foi Bronze em Tóquio

0
Hoje Jorge Fonseca entrou de rompante nos Jogos Olimpicos ganhando os dois primeiros combates de forma incrível. Nas meias-finais com o sul-coreano Cho Guham tudo...

Emocionante despedida a Vitorino Antunes. Obrigado por tudo!

0
Quando o ano passado Vitorino Antunes chegou ao Sporting havia muitas dúvidas sobre a sua condição física, e se conseguiria jogar e ser importante...

Sábado vamos entrar em campo com as Quinas

0
Ver o Sporting entrar em campo este ano com o emblema de Campeão da Liga não me chateia minimamente, mas sinceramente não gosto, nem...

John Textor: A primeira tentativa hostil de takeover de uma SAD de um ‘grande’

1
Estamos neste momento a assistir à primeira tentativa de um privado tomar controlo de uma SAD de um 'grande' em Portugal. Estou, evidentemente, a...

Que belo jogo na vitória do Troféu 5 Violinos

0
Durante muitos anos o Sporting sofrer um golo cedo era sinal de desgraça pela certa. Hoje sofremos um golo, e tudo se manteve calmo....

3 COMENTÁRIOS

  1. Querer trazer para o público assuntos privados nunca me pareceu boa decisão. Muito menos se se pretender esmiuçar acontecimentos que dizem respeito à vida privada de um casal, em que um dos conjuges está acusado e condenado por violência doméstica -violência que, diz-se, não é violência física mas, antes, violência verbal usada em emails que poderão (ou não) ter sido enviados com uso de meios técnicos do Clube.
    A pergunta (vossa) nº. 2 é de estarrecer: que tem o Clube a ver com a vida privada dos seus funcionários?
    Mas tem o CD a ver algo a ver com a vida privada dos funcionários do Clube? Claro, se a mesma envolver, de algum modo o próprio Clube. Contudo, não pode nem deve trazer a discussão, muito menos os seus pormenores, para o público – estamos a falar da vida privada de pessoas!
    Compreendo que num jornal(?) se entenda que a fofoquice venda, mas já não compreendo que, em âmbito desportivo, se traga o assunto a público.
    Se calhar o erro é meu (e dos meus quase 78 anos de vida). Pois que seja! Mas digo-vos que não será por mim, sócio do Clube, que este CD será apontado se entender resolver a questão dentro de portas.
    Já repararam que estão a querer discutir questões sobre as quais só sabem #violenciadomestica e #foicondenadocompenasuspensa ?
    SL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies. Mais informação

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Fechar