Hoje começa oficialmente a época. E que começo nos espera. Um troféu para conquistar. O derby eterno para ganhar. E tudo o que isso representa no coração dos adeptos.

Muito se tem falado por causa das histórias dos treinadores, mas para mim nessa guerra o que me interessa apenas é que temos um treinador que sente o nosso emblema forte. E claro, que gosta de praticar um futebol atractivo e de ataque.

A equipa que ele deve escalar hoje, e que eu provavelmente colocaria é a seguinte.

Na baliza o enorme Rui Patrício. Na defesa, da direita para a esquerda, João Pereira, Paulo Oliveira, Naldo e Jefferson. Destes apenas Naldo não sabe bem o que este jogo significa, mas penso que será uma agradável surpresa.

A meio campo provavelmente apenas estarão João Mário e Adrien. Que desafio meus senhores. Adrien terás de ter a inteligência que João Mário costuma ter. E claro, João Mário terás de ter a garra e o pulmão que o Adrien sempre tem. Se o conseguirem, farão um jogo épico e acredito que a vitória será nossa.

Depois o ataque. Nas alas bem abertos Carrillo, com a sua velocidade e técnica, e Ruiz com a sua classe e faro de golo. Ambos irão procurar muito mais jogo interior do que era habitual, e por vezes parecerá que estaremos a jogar com quatro pontas de lança.

E os pontas de lança… Um colombiano e o nosso tanque argelino. O colombiano que entrará em campo é que é a duvida. Irá Jesus optar pelo macio mas tecnicamente brilhante Montero, ou pelo intenso e matador Téo? Boa dor de cabeça Jorge, permite que te trate assim.

Hoje poderemos começar a época com um titulo, e bem saboroso. Por isso já sabem, quando os rapazes de verde e branco, entram em campo é para ganhar! Não tenham medo, joguem à bola, que a camisola é para suar. Como já diz a música.

Deixar uma resposta