Esta noite no confronto frente ao Leverkusen existe para mim uma enorme questão, qual será o lateral que Jorge Jesus escolherá para ocupar cada lado da defesa. E esta é uma questão premente, e complicada por vários motivos.

O primeiro ponto que temos de pensar é que o nosso principal enfoque é o campeonato. Como tal este jogo seria o ideal para dar descanso a algumas unidades mais rodadas, como por exemplo João Pereira.

Depois temos de pensar que Jefferson voltou agora a treinar a cem por cento, logo não convém usar desde já o brasileiro, esperando mais uns dias e deixando a sua melhor forma recuperar.

Como temos Esgaio, que até faz ambas as laterais, um dos lugares está assegurado. Para o outro Schelloto e Marvin têm sido alternativas, e no caso do segundo até uma excelente alternativa digamos.

O único grande problema é que tanto Schelloto como Marvin não foram registados na UEFA. Só poderíamos adicionar três jogadores, e como tal tiveram de se fazer algumas cedências. Com a saída de Montero e Tanaka a entrada de Barcos era obrigatória. Com a crise de centrais, e mesmo Rúben Semedo entrando na lista B, Coates deveria ser inscrito. Sobrou uma vaga, que seguiu para Bruno César, que temos visto ser titular na equipa sempre que está a cem por cento.

Logo a escolha acabou por ser em inscrever um titular em vez de um suplente na lateral defensiva. Coisa que aceito perfeitamente.

Agora a questão que fica é o que fazer hoje? Pessoalmente penso que a solução deverá passar por deixar descansar Jefferson entrando Esgaio e João Pereira. Claro que reservando uma substituição para ele, para o descansar se possível.

Isso se Jorge Jesus não se lembrar de usar Bruno César a lateral esquerdo. Já o fez nos tempos em que treinava em Carnide. Mas a recente lesão do brasileiro pode evitar esse cenário.

2 COMENTÁRIOS

  1. penso que o ideal seria usar o Jeff na esquerda e o Esgaio na direita.
    Apesar do Jeff regressar de lesão, temos actualmente o Marvin para a esquerda, para o campeonato. O JP precisa descansar e entrar em caso necessário.

Deixar uma resposta