Acabou ontem um dos grandes mundiais que tive o prazer de assistir enquanto adepto de futebol. Muita emoção, alterações tácticas e golos, muitos golos. No final a Alemanha campeã, e o anão premiado.

Havia dúvidas sobre quem teria sido o melhor jogador do Mundial, mas especialmente entre dois jogadores: James Rodriguez e Arjen Robben. Mas a Fifa decidiu aprender com a FPF e resolveu atribuir o prémio a outro,  o Messi.

Messi é um jogador de topo, mas toda a idolatria que a FIFA tam por ele mete um real asco. Tal como o prémio de melhor jogador do campeonato português este é completamente imerecido, e só traz ainda mais descrédito à instituição que o atribuiu. Nada de novo, mas que choca como sempre.

Deixar uma resposta