Paulo Pereira Cristóvão

Ontem Paulo Pereira Cristóvão foi condenado em tribunal. E de repente toda a máquina de propaganda do Sport Lisboa e Benfica foi para as redes sociais tentar colar o Sporting como culpado. No entanto os factos são bem claros. Mas factos são coisa que os nossos concidadãos lampiões tentem a não entender.

Vamos então fazer uma lista para lhes facilitar a vida a entender:

  1. Paulo Pereira Cristóvão, ex-dirigente do Sporting, foi demitido mal se denunciou este caso;
  2. Quem denunciou este caso foi o Sporting Clube de Portugal;
  3. Nunca esteve em causa o crime de corrupção mas sim o de denúncia caluniosa. Ou seja nunca esteve em causa qualquer resultado desportivo visto graças à denuncia do Sporting Clube de Portugal nunca ter entrado em campo um árbitro que tenha recebido dinheiro por alguém ligado a si.
  4. Não adveio qualquer tipo de benefício desportivo ou financeiro ao Sporting Clube de Portugal;
  5. O Sporting Clube de Portugal partiu para eleições antecipadas por discordar das politicas seguidas por colegas de Paulo Pereira Cristóvão;
  6. Nas eleições resultantes desse acto todos os ligados a essa administração foram derrotados com larga margem;
  7. O Sporting Clube de Portugal instaurou processos disciplinares e expulsão de sócio a Paulo Pereira Cristóvão;
  8. Foi provado em tribunal que nada teve o Sporting a ver com estes crimes e como tal foi liminarmente Ilibado;
  9. O Sporting Clube de Portugal e os Sportinguistas no geral sempre criticaram e denunciaram este crime, e exigiram a cabeça de quem esteve envolvido nele. Comparem com o Luís Filipe Vieira quando apanhado a escolher árbitros no apito dourado, ou a ter o seu dirigente e motorista a vender droga em carros do Benfica e a ser reeleito…

Deixar uma resposta