Durante muitos anos Jorge Mendes era um empresário bem visto por todo o Mundo. E Alvalade não era excepção. Não nos podemos esquecer que teve uma atitude bem séria connosco no caso de Nani por exemplo.

No entanto nos últimos anos tem-se vindo a adensar as suas teias com negócios menos claros. Sempre num grupo de clubes centrado em Atlético de Madrid, Benfica e Valência. Com inúmeras ligações secundárias a outros, entre Braga e Rio Ave em Portugal por exemplo.

E desde que começou este esquema que os grandes negócios começaram a ficar sempre para os seus beneficiados. Em Janeiro Rui Patrício abandonou Jorge Mendes, e muito se falou entre corredores que o Sporting teve um papel importante nisto.

E que estava a aconselhar avidamente os seus atletas a deixarem de ser representados pela Gestifute de Jorge Mendes.

Eis que há uns dias surge o fisco Espanhol a levantar uma investigação centrada no Jorge Mendes e as transferências entre clubes espanhóis Benfica e Braga. E hoje a notícia que as pérolas do meio campo Sportinguista, William, João Mário e Adrien, também abandonaram Jorge Mendes.

É nestes momentos que tenho um orgulho enorme em ser Sportinguista.

2 COMENTÁRIOS

  1. Patrício abandonou Jorge Mendes em janeiro do ano passado. Adrien algures no passado Outubro~Novembro. João Mário há duas semanas e William já me disseram que sim por quem sabe, mas não vi em lado nenhum (se bem que os outros 3 a abandonarem o Mendes também não foi noticiado por aí além).

    Notícias com Braga, Rio Ave, Paços de Ferreira, Valência, Atlético, Mónaco, são para esquecer, e notícias com Chelsea / Real Madrid, provavelmente PSG e Manchester (e onde Mourinho pise) são para ter muito cuidado.

  2. Embora não possa concordar mais com teia do Mendes, segundo fontes próximas do novo agente do Patrício, este abandonou o JM pois este não lhe dava atenção extra-negociais. Claro que não consigo comprovar a veracidade, mas fica dito

Deixar uma resposta