Ontem viveu-se um grande jogo de futebol em Alvalade. O Braga tinha sido até agora o adversário nacional que mais dificuldades nos tinha imposto. E como não poderia deixar de ser ontem fez das suas fazendo um jogo inteligente e com muita qualidade.

Não é um adversário que goste de ter a bola largos períodos de tempo, mas quando a tem sabe sair muito rápido e com a técnica, velocidade e faro de golo da sua linha da frente tudo se complica.

O que não gostei

Do estado lastimável do relvado. De novo um problema, e com a enorme chuvada que caiu durante todo o jogo fez das suas. A quantidade de jogadores que escorregaram foi incrível.

De William Carvalho. Bem sei que não esteve assim tão mal, e que até teve um ou dois pormenores interessantes, mas já vi muito mais do William. Falta de forma? Ainda está a recuperar da lesão? Cansaço psicológico? Sei lá, mas que não está ao nível que pode não.

Das duas borlas que deram os dois golos. Digam o que disserem foram borlas, e não gosto de dar borlas a ninguém.

O que gostei

Da atitude de toda a equipa, e na fé que sempre tiveram que virariam o resultado. O Estofo de Campeão é isto.

De Jorge Jesus, estando a perder por duas bolas a saber arriscar tudo, mas de forma correcta e sem entrar em loucuras. É do banco que vem muita desta reviravolta.

De ouvir 40 mil adeptos a cantar “Nós acreditamos em vocês” quando a equipa ia para o intervalo a perder por duas bolas. Sem vacilar, e a equipa compensou.

Se isto não é estofo de campeão, o que será?

PARTILHA

sporting_braga