Hoje através de um artigo da revista Sábado ficámos a saber que o clube sediado em Carnide, Sport Lisboa e Benfica, se apresenta coligado com o partido PAN – Pessoas, Animais e Natureza.

Com efeito esta coligação já vigora pelo menos desde Junho, altura em que Jorge Jesus ainda era funcionário do clube de Carnide.

E usou mesmo propostas deste partido politico no processo que moveu contra o actual treinador do Sporting. Ora vejamos um excerto do artigo das Sábado onde se revela o conteúdo deste processo:

«No processo ao qual a revista “Sábado” teve acesso, as águias pedem ao anterior treinador o “pagamento simbólico” de 14 milhões de euros por danos não patrimoniais: um euro por cada adepto que os encarnados dizem ter.»

Ou seja para atingir este número o Sport Lisboa e Benfica aderiu à lógica do PAN e passou a contar os animais de estimação como parte do agregado familiar, e de adeptos. Fonte segura garante que os cinco canários de Luís Filipe Vieira, os dez peixinhos dourados de Toni e os dois caniches de Pedro Guerra foram bem contabilizados nesta contagem.

Claro que agora o PAN se manifesta contra este ignóbil processo, e o valor pedido. É que para o PAN, e justamente, um animal de estimação além de fazer parte do agregado familiar, vale obviamente mais de um euro. E isto é um motivo de ruptura!

Deixar uma resposta