O Sporting começou a pré-temporada de uma forma que em muito desagrada os jornais nacionais. Ou seja, a comprar os jogadores que acha que lhe fazem falta para compor o plantel, mas não aqueles que aparecem na imprensa. E pior, sem atrasar as negociações de forma pública durante semanas.

Foi buscar jogadores na sua maioria jovens (mas já com experiência sénior nas principais ligas de cada país) e que podem entrar desde já como concorrentes directos para os titulares do ano passado.

Fez isto também pois os jovens que o ano passado evoluiram na equipa B mostraram-se ainda muito verdinhos, e como tal não podem ser ainda alternativa. A alguns espera mais um ano ou dois de equipa B, e aos que estão mais avançados, casos de Esgaio por exemplo, deverão ser emprestados a um clube de um escalão principal para somar minutos. E isso é o mais importante.

Claro que a imprensa não está quieta e já começou a lançar rumores de revolta dos jogadores jovens da equipa B, a quem esta mesma imprensa teriam sido prometidos lugares cativos. Não são declarações de jogadores, nem entrevistas em que estes falam dos casos. Nem sequer os seus paizinhos ou empresários, que esses sim não me admiro que apareçam a fazer barulho.

Meus amigos jornaleiros, vão fazer o vosso trabalho. E esse não é este de rumores só para desestabilizar. Pelo menos é o que eu penso…

Deixar uma resposta