Freddy Montero jogou, e brilhou, no embate de segunda feira passada frente ao Moreirense. Dois golos, duas assistências, e a critica rendida ao rendimento do jogador Colombiano. Os seus delatores desta feita estiveram ausentes, como é natural nestas alturas.

No entanto eu próprio já tenho criticado variadas vezes Montero, e como tal sinto-me na obrigação moral de falar sobre este jogo.

Considero que Montero tem falhado muito enquanto Ponta de Lança jogando sozinho. Refiro isso variadas vezes, e continuo a achar o mesmo. A falta de presença na área, especialmente contra equipas mais fechadas, torna-se um problema para toda a equipa com Montero a jogar desta forma.

Quando joga aliado a Slimani também não tenho gostado particularmente dele.  A sua tendência é jogar entre a posição 9 e 10, procurando circular a bola e encontrar espaços. Ora com Slimani o jogo torna-se logo mais vertical, e bola colocada bem no coração da área, passando a ignorar posse de bola na zona anterior a esta.

Contudo ontem Montero jogou emparelhado com Tanaka. Um jogador de bom remate de meia distância, como próprio Montero, e com movimentação semelhantes até. O Japonês tem mais facilidade no contacto físico, ao passo que o Colombiano é mais dotado tecnicamente. E desta vez a dupla resultou em pleno.

Montero num sistema como este rende, e a sua qualidade sobe. Por outro lado Slimani é um Ponta de Lança muito forte, e com um estilo que ajuda em muito a defrontar equipas mais pequenas. Até vou mais longe, penso que nos falta um jogador para emparelhar com Slimani, neste caso um jogador rápido, alto e de remate fácil, para aproveitar as suas sobras. Se bem que Hadi Sacko podia ser esse jogador…

Mas nada mais justo que parabenizar Montero por esta bela exibição! Este sim, é o Montero que nos fez levantar da cadeira o ano passado!

Deixar uma resposta