O Sporting escolheu a Macron para parceira de equipamentos. Mais do que as contratações, e potenciais saídas, de jogadores tem sido este a questão dos últimos dias entre os Sportinguistas. Toda a gente se pergunta o porque desta escolha, quando havia tantas marcas mais conhecidas do público Português. Até se falou no interesse, e proposta, da Nike. Bem, vamos então do início.

Quem é a Macron

A Macron é uma empresa de equipamento desportivo fundada em 1971 em Bolonha, Itália. Com alguma tradição em modalidades Olímpicas, começou nos últimos anos um fortalecimento da sua marca no Futebol.

O ecletismo da marca

Neste ponto é uma semelhança à cultura do Sporting. São uma marca que tem primado pelo seu ecletismo, e equipamentos virados para cada modalidade, e vai ser o equipamento do Sporting em todas as modalidades. De notar que no caso da Puma por exemplo isto não acontecia. Havia modalidades que tinham de recorrer a outros fornecedores.

A visibilidade

Uma das maiores criticas que tenho ouvido é a falta de visibilidade que a Marca traz. Estas mesmas pessoas batem no peito a dizer que a Nike é que é marca de clube grande. De lembrar que a Nike em Portugal neste momento o mais alto que patrocina é Belenenses e Académica. E depois tendo em conta que nenhuma equipa da Macron é maior que o Sporting (a maior é o Napoli) iremos ter uma visibilidade extra. Seremos uma das figuras de cartaz. E isto é bom para o Sporting como marca.

A qualidade dos materiais

Mesmo não tendo a fama da Nike duvido que qualquer uma empresa que se meta a pagar milhões por um patrocínio destes não faça equipamentos com qualidade. E de notar que o que faz mais influência em campo, em termos de equipamento, são as chuteiras. E aí cada jogador escolhe as que quer usar.

Conclusão

Mas afinal qual o maior motivo para a escolha da Macron e não outra marca? Nada mais simples, o dinheiro. Foi a empresa que apresentou a melhor proposta financeira. Tendo em conta que têm qualidade de equipamentos, e fizeram a melhor proposta financeira, foram os escolhidos.

Prefiro ter uma marca menos conhecida como a Nike ou Adidas, mas ter uma marca que paga mais. E se tiver como extras a questão do ecletismo e ir puxar mais pelas nossas cores visto sermos uma das suas apostas de topo, melhor.

Eu por mim estou satisfeito, agora é esperar que a Macron faça um excelente trabalho nesta sua parceria com o Sporting.

11 COMENTÁRIOS

  1. A Macron é uma marca que equipa equipas de segunda linha. Como o Sporting não tem cheta, teve de se sujeitar à marca que deu mais, neste caso uma marca medíocre. Não vale a pena dourar a pílula. Os equipamentos são feios e de má qualidade, visto que a Macron se aproveitou do estado de necessidade do Sporting. O resto são estórias.

    • O Sporting com muito ou pouco dinheiro devia seguir a lógica de quem paga mais é quem deve ser o fornecedor.

      E depois a Macron equipa várias selecções, clubes como o Nápoles, e diversos ingleses, e várias selecções olímpicas de outros desportos. Equipamentos de má qualidade? Tiveste já com eles na mão? O do Braga do ano passado era de excelente qualidade.

  2. Completamente de acordo. pagam mais, darão visibilidade ao nosso clube na publicidade, tradição italiana de qualidade em moda e, n é cor de rosa refugo q a adidas normalmente enfia em portugal para testes.

  3. Concordo com todas a visões dos comentários deste post, só há uma pequena coisa que me chateia no que toca a QUALQUER equipamento de QUALQUER marca, que é o EXORBITANTE PREÇO DAS CAMISOLAS. Que neste caso ainda se aplica mais, sendo a Macron uma marca de menos visibilidade deveria fazer preços mais acessíveis e isso não se verifica, estando as camisolas muito mais caras que as anteriores. Deveria ser algo repensado no país, pois em Inglaterra as camisolas de GRANDES e PEQUENAS. Marcas custam metade do preço de cá, e assim levam a que os adeptos comprem mais. Ou seja este ano por exemplo ponderei comprar o equipamento alternativo pois acho muito bonito especialmente a parte da gola com o pormenor do leão, mas 75€ por uma camisola, posso amar muito o Sporting mas este valor dá-me para comer muitas vezes…

  4. O assunto interessou-me , estava intrigado com esta escolha. Apenas aproveito para identificar uma gralha no texto: “Uma das maiores criticas que tenho ouvido é a falta de visibilidade que a Marca trás”. «a marca traz», trata-se de uma forma verbal do verbo trazer, logo escreve-se com “z” e sem acento.

  5. Já estive com a camisola na mão e não achei de tão boa qualidade e a nível de estética… Horrível! Já pra não falar do fizeram aos calções.

Deixar uma resposta