Vi ontem a entrevista do Presidente Bruno de Carvalho com bastante atenção. Não sei ainda se hei-de escrever sobre tudo o que foi dito, e como foi dito, mas um ponto saltou-me à atenção: a equipa de Juniores.

A força de poder sacar constantemente jogadores para a equipa principal vindos dos Juniores sempre foi uma das nossas grandes armas. E foi também uma das armas de campanha de Bruno de Carvalho. Usar o talento que vem da equipa de juniores, e através da equipa B, para fornecer a maioria das necessidades da equipa principal.

No entanto foi dito pelo presidente que o talento na equipa de juniores é insuficiente neste momento. Entre jogadores que não quiseram renovar, confusões de empresários, e falhas de prospecção, não havia talento suficiente.

Assim se percebe contratações de muita gente de 18-19 anos que foi feita por esta direcção. Com Ryan Gauld à cabeça. Percebo esta lógica, visto existir uma falta de talento. Muita gente veio criticar, mas penso que é errado fazê-lo. O presidente viu uma falha, agiu para compensá-la, e agora vamos esperar e ver. Daqui a 3-4 anos posso vir a achar que correu mal, e aí criticarei. Por agora parece-me a decisão e a escolha acertada.

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta