Começou hoje mais uma etapa da preparação para a época que aí vem com o estágio na Holanda. Um dos grandes pontos de interesse, e em especial de discussão, são os convocados para estes estágios. Vamos colocar os mesmos por posições, e tentar perceber quem vai ou não ter maiores chances de ficar.

Guarda Redes

  • Rui Patrício
  • Marcelo Boeck
  • Luís Ribeiro
  • Vladimir Stojkovic

Quatro guarda redes parece um pouco demasiado, tendo em conta que o plantel normalmente utiliza apenas três. Parece ser uma de duas hipóteses: ou é para ver quem é o terceiro guarda redes e o guarda redes da equipa B, ou é para ver se algum dos jovens já tem o nível para suplente, significando uma saída de Marcelo Boek.

Defesas

  • Cédric
  • André Geraldes
  • Maurício
  • Eric Dier
  • Paulo Oliveira
  • Tobias Figueiredo
  • Jefferson

Dois laterais direitos, mas apenas um lateral esquerdo. Será que é o fim da hipótese de Mica para o plantel principal esta época? Se não o é pelo menos parece. Ficando Rojo no plantel até poderá fazer sentido, mas saindo este terá de haver mas um para jogar, seja o Mica ou alguém novo.

Quanto aos centrais, está presente uma mudança em relação à Taça de Honra com a saída de Rúben Semedo e entrada de Tobias Figueiredo. Rúben Semedo deverá então ficar na equipa B ou mesmo ser emprestado.

Meio campo

  • William Carvalho
  • Oriol Rosell
  • Adrien
  • Slavchev
  • João Mário
  • Ryan Gauld
  • André Martins
  • Wallyson

Podemos definir logo em três posições, 6, 8 e 10.

Para a seis estamos plenamente servidor com William e Rosell que parecem ser os donos do lugar. Só se algum deles sair deve haver alguma mudança.

Na posição 8 temos também dois jogadores bem assinalados em Adrien, o dono do lugar, e o Slavchev.

Depois começam as dúvidas maiores. Se for para utilizar um jogador com características de 8/10 João Mário e Wallyson serão os escolhidos. Sendo que este último deverá ser colocado no entanto na B durante a maioria da época. No entanto Ryan Gauld pode ser usado como um 10 puro, sendo que nesse caso será uma disputa entre si e André Martins, assegurando os João Mário e Wallyson alternativas ao Adrien também.

Por outro lado Ryan pode ser adaptado a extremo, além de Shikabala também poder a vir ser colocado a 10, ou mesmo Montero.

Extremos

  • Ricardo Esgaio
  • Chaby
  • Iuri Medeiros
  • Carlos Mané
  • Carrillo
  • Heldon
  • Shikabala
  • Capel

Aqui a questão esquerdo ou direito parece pouco relevante. O relevante é no entanto que vão ser usados dois, e que muitos destes não deverão ficar no plantel principal.

Carlos Mané e Carrillo parecem ter o lugar seguro. Shikabala também parece entrar no mesmo lote, mas a sua não utilização na taça de honra levanta alguma dúvida ainda que ligeira.

Capel por outro lado poderá sair. Digo mais, o Sporting deve estar interessado em que ele saia. É um jogador com alguma valorização no mercado, e além disso não encaixa bem no novo sistema. Aliando isso a uma não evolução em todos estes anos de Sporting, que impede que consiga ter um bom tempo de decisão parecem apontar o fim desta sua aventura. Isto se aparecer alguém interessado em pagar por ele, e pagar o ordenado elevado que tem.

Para Heldon parece ser a sua derradeira oportunidade para ficar no plantel. Não mostrou ainda muito, e os primeiros seis meses de leão não foram satisfatórios. Se mostrar algo fica, senão é emprestar ou vender no fim do estágio.

O lote Ricardo Esgaio, Chaby e Iuri Medeiros parece reservado a outra decisão. Pode algum deles ficar já no plantel? Se não estão num ponto em que devem ficar a rodar na B ou numa equipa da primeira liga onde sejam titulares? É o que Marco Silva irá tentar descobrir neste estágio.

Pontas de Lança

  • Slimani
  • Montero
  • Tanaka

Este é o departamento mais fácil do estágio. São o suficiente para abordar a época, e dois deles estão bem enquadrados e entrosados. Se Slimani não sair não precisamos de mais ninguém, logo não era preciso chamar mais ninguém.

Agora é deixar a bola rolar, e Marco Silva decidir.

Deixar uma resposta