Ontem no Restelo a equipa do Sporting entrou forte e ganhou o jogo. Muito poderia aqui escrever sobre cada jogador e sobre as tácticas observadas, mas deixarei a análise completa depois do jogo da final contra o Benfica.

Queria no entanto destacar já hoje um facto. A equipa pela primeira vez em muito tempo manteve-se organizada na ausência de William Carvalho.

E esteve sempre organizada à saída, por substituição, de Oriol Rosell. O catalão ocupou os terrenos normalmente de William e sempre foi eficaz nessa função.

Não sendo tão fleumático e calmo como William, foi igualmente eficaz e até mais propenso ao contacto. Uma grande exibição de um jogador que parece que está no caminho para ganhar um lugar nesta equipa de forma firme.

E de lembrar, por esta altura no ano passado ninguém conhecia o William. Será que encontramos ouro pela segunda vez?

Deixar uma resposta