O mercado inglês é um mercado peculiar. Existe dinheiro em quantidade, todos sabemos. E também sabemos que não se importam em gastar pequenas fortunas por jogadores ingleses.

Por jogadores estrangeiros, a jogar no exterior, o caso muda um pouco de figura.

Os clubes ingleses sabem o quão importante, e opinativo, o seu público é. Comprar um jogador que não reconheçam, por um valor muito elevado, pode ser um entrave grande.

O ano passado viu-se isso com Rojo. Não era sequer muito falado, fez um grande mundial e foi contratado.

Ontem William Carvalho, frente a uma selecção inglesa cheia de talento reconhecido, fez um jogo monumental. Entrou nos trending topics do Twitter, Jornais Britânicos loucos com ele. E neste momento passou a ser dos jogadores mais desejados em Inglaterra.

Há uns dias algum clube pensaria duas vezes em justificar a compra de William por 25 ou 30M€ perante os seus adeptos. Hoje são os seus adeptos, especialmente do United e Arsenal, a pedir que se paguem os 45M€ da cláusula.

Adoraria ver o William mais um ano em Alvalade. E com sorte talvez ainda dê. Mas o limite será mesmo esse. E não ficarei nada surpreendido se vir alguém a bater a cláusula já este defeso.

Ontem foi o dia em que perdemos William Carvalho.

Deixar uma resposta