Depois de me ter debruçado na sexta-feira passada sobre os retornos e ausências da selecção (neste artigo) chega agora a hora de falar sobre as novidades.

Na lista de Fernando Santos estão quatro jogadores que ainda nunca jogaram pela selecção A Portuguesa. Vamos ver cada um destes casos.

Anthony Lopes

O guarda-redes de 24 anos tem sido uma constante na convocatória da selecção nos últimos tempos, tirando o Mundial. Sendo titular do Olympique de Lyon é um jogador jovem para a sua posição, e num campeonato interessante.

Convém é entrar em campo num jogo oficial, visto ter dupla nacionalidade, não vá o diabo tecê-las. No entanto com Rui Patrício como dono e senhor da baliza nacional, vai ter de crescer muito ou esperar muitos anos.

José Fonte

Aos trinta anos chega tarde à selecção. Na época passada foi sempre titular no Southampton. E com o clube formou uma das defesas menos batidas do campeonato mais importante do futebol actual. Já devia ter sido opção no ano passado, mas a teimosia de Paulo Bento foi mais forte.

Ivo Pinto

Não tenho acompanhado muito a campanha do Dinamo Zagreb. No entanto é um clube interessante, num campeonato em desenvolvimento. Está também na Liga Europa, competição que acaba sempre por dar mais rodagem a este tipo de jogador. A juntar a este facto fora Cédric Soares nenhum lateral direito português tem sido recorrentemente  titular em equipas de topo. Aos 24 anos parece uma escolha interessante para ver jogar.

Cédric Soares

O jovem de 23 anos do Sporting já deveria ter sido utilizado bastantes vezes na selecção A. Não é inferior a João Pereira, e muito menos a André Almeida que foi no seu lugar ao Mundial do Brasil. Por interesses de alguém ou apenas birra de Paulo Bento, nunca foi convocado, mesmo tendo estado em excelente plano no Sporting. E sendo titular indiscutível na equipa. De todos estes casos é aquele de mais elementar justiça. Justiça esta que não estava a ser feita até aqui.

João Mário

Acabou a época passada em grande no Vitória de Setúbal recolhendo várias vezes o prémio de jogador jovem do mês. Este facto fê-lo ganhar um lugar nos pré convocados para o mundial.

Esta época, aos 21 anos, aproveitou um deslize exibicional de André Martins para lhe roubar o lugar. E neste momento espalha classe ao serviço do Sporting. A maturidade demonstrada frente ao Chelsea pode ter sido o factor decisivo para convencer Fernando Santos.

Não ficaria chocado se não fosse ainda convocado, mas penso que é uma excelente aposta de futuro convocar desde já o jovem prodígio do Sporting.

Agora desejo é que todos se estreiem, nem que seja no amigável contra a França, e que sejam o futuro da nossa selecção!

Deixar uma resposta