Nos últimos tempos tenho visto muitos Sportinguistas a dizerem: A minha Selecção é o Sporting! Mas não somos exclusivos nisto, tenho ouvido a mesma frase, adaptada aos seus clubes, tanto por parte dos benfiquistas como dos portistas.

Será por causa da nossa selecção não estar a mostrar um futebol espectacular? Será por causa de não estar a ganhar muito e consistentemente? Será que é por não gostarem do seleccionador, ou mesmo da estrutura da Federação?

Qualquer uma destas hipóteses é para mim estranha. Todos os clubes passam também fazes menos boas, com direcções e treinadores dos quais discordamos, e nunca vejo pessoas a dizerem que não são do clube por isso.

Será por causa de hoje em dia a selecção ter muita influência de empresários, em especial o Jorge Mendes?

Tendo em conta que os clubes têm exactamente o mesmo problema, e mais uma vez as pessoas não lhes viram as costas, não me parece muito racional.

Será que é por a selecção ser do país em que nasceram, e não uma escolha que tenham feito conscientemente?

Existe alguma verdade nesta resposta. Apesar de muita gente ser do clube que é não por escolha pura, mas por influência de pais, ou até avós. Mas até agora é a que faz mais sentido.

Hipótese final. Será que por apoiarem todos a selecção, sendo ela de todos os Portugueses, estarem a puxar para o mesmo lado que os adeptos dos clubes rivais?

Incrivelmente, e por muito que a maioria dos que dizem isto não o admitam, será a maior verdade. Passam o ano todo a pensar no negativo, e no mal do próximo, que depois puxar pelo mesmo que eles pode ser difícil.

Eu por mim, como Português orgulhoso e que toma esta pátria como a sua, por nascimento e opção, tenho numa selecção que usa as nossas cores a minha. Posso estar contra as direcções, as escolhas de jogadores e treinadores. Não me escuso de criticar tudo aquilo que achar mal. Mas será sempre a minha selecção. E o meu Sportinguismo é cem por cento compatível com isso.

Deixar uma resposta