A 4 de Janeiro de 2004 escreveu-se uma página negra na história do Sporting Clube de Portugal.

Num jogo de Futsal frente ao Modicus, o Sporting ganhava por 11 bolas a uma, sendo o último golo marcado por Deo.

A seguir a isso a Nave de Alvalade foi demolida, e o Pavilhão Multiusos que foi construído no novo estádio depressa se percebeu que foi pensado apenas para treinos, nunca para ser uma casa das modalidades.

Era um sinal de uma fraca aposta no ecletismo que está tão bem gravado no nosso ADN, e que tanto nos doeu a sua falta.

Agora hoje será por contraponto um dia de festa. O Pavilhão João Rocha irá ser inaugurado, como melhor Pavilhão que algum clube algum dia ousou fazer neste país.

As modalidades voltam a ter uma casa, e não teremos de ganhar os títulos fora de portas. Recordar por exemplo que ganhámos três competições europeias neste hiato sem casa.

Engraçado também será ver Deo pisar este recinto. O na altura talentoso jovem é agora um talentoso veterano e ainda faz parte do nosso plantel.

Ter a nossa casa de volta, e que bela casa, é sempre um momento de orgulho e vitória.

Agora que a encham de troféus!

Deixar uma resposta