Custa-me e muito esta derrota. Mais que todas as outras pois fiquei com um travo amargo da tremenda injustiça vivida ontem em terras alemães. Mas quero focar, e concentrar no jogo jogado. Depois talvez fale sobre arbitragens, mas por agora vamos centrar no que se passou futebolisticamente.

Pontos Negativos

Os melhores são humanos, e também falham. E foi isso que aconteceu ontem com Rui Patrício num lance. Tinha acabado de ver um colega expulso, as marcações ainda estavam a ser acertadas. A bola bate em frente a si. Tudo isto são atenuantes, mas nada que elimine o facto de que Rui Patrício falhou. Ele sabe disso, nós sabemos disso, mas isso não muda nada. Não queria outro guarda redes a defender as nossas balizas. E um erro não muda isso.

Os centrais voltaram a falhar. Pelo menos Maurício e Sarr redondamente. Maurício tem de aprender a controlar os seus impulsos. Podemos questionar se o segundo amarelo foi ou não exagerado. Mas não duvido que foi um erro Maurício ter abordado o lance daquela forma. Muito menos quando tinha um amarelo. Tem de aprender quando deve sair ao adversário, e quando deve esperar. E deve saber medir o ímpeto das suas entradas.

Já Sarr entrou até razoavelmente, e esteve bem na maioria dos lances. O mal é que quando falhou, especialmente a nível posicional, deu barrada da grossa, e permitiu golo eminente.

A lesão de Slimani chateia, mas espero que seja de rápida resolução. No entanto, e contrariamente a outras épocas, temos banco de nível para compensar.

Pontos Positivos

A galhardia com que a equipa esteve em campo. Primeiro a tentar a vitória contra um clube fortíssimo desde o inicio do jogo. Entrando para marcar, e marcando mesmo. Depois quando ficou em desigualdade numéricas, e vendo-se a perder, a atitude de ir tentar recuperar o jogo. Atacando mesmo com um jogador a menos.

Cada um dos golos foi em si um ponto positivo, pela maneira como foi marcado.

O primeiro numa jogada estudada, de laboratório mesmo. Que prova que estamos a desenvolver este tipo de lances, cada vez mais cruciais no futebol moderno.

O penalti por ter sido marcado por Adrien, o marcador oficial dos mesmos. E marcado na perfeição.

O terceiro pela jogada. Vi aquela jogada ser ensaiada algumas vezes, tanto neste como noutros jogos recentes. O extremo flecte para o meio levando atrás de si o lateral. O nosso médio interior, neste caso Adrien, aproveita esse espaço para aparecer junto ao segundo poste. E o centro é lançado bem tenso para a sua zona. Execução perfeita de um excelente trabalho de equipa.

E a equipa esteve toda bem. Se tivesse de salientar alguém acho que salientaria os dois laterais. Pulmões inesgotáveis e boas prestações a atacar e a defender. Mas a equipa no seu todo esteve brilhante.

Conclusão

Este jogo era merecidamente nosso. Não foi. Todos sabemos porquê. Mas com o Sporting a jogar assim, muito me orgulha e sei que só será parado ou por clubes extra terrestres como o Chelsea ou de forma menos clara como ontem…

Deixar uma resposta